Conheces-me de todas as formas, sob todos os prismas…

Como já vi escrito por aí,  eu sou daquelas mulheres que tem um lado doce e meigo, um lado rabugento e refilão e aquele lado que nem vale a pena mencionar… Tu já os viste todos, de todos os prismas e ainda assim continuas a conseguir virar-me do avesso e descobrir novos lados, novas facetas……

Não sei o que quero de ti.

Não sei o que quero de ti. Talvez queira o mesmo que tu, mas afinal o que queres tu de mim? Provavelmente queremos tudo e com um pouco de sorte venhamos a ter nada. Apenas sei que basta o teu olhar para os preliminares começarem… O que sentes quando eu te olho? O teu olhar…