Meu patrãozinho de que precisas?

Meu lindo patrão… Hoje é sábado, significa que estou livre de ti. Santo dia que nada podes fazer! Para me ver agachada, enquanto o meu rabo salta da saia. Só para a semana é que voltarás a cobiçar o que não é teu e iluminarás os teus olhos com os meus peitos presos dentro da…

Noites em branco, dias no escuro

Desde de sempre que me pertence, aquele ser humano… Que mexe comigo de uma forma diferente, totalmente racional. Não existe coração, amor já existiu numa era passada. Mas hoje… E todos os outros dias, é demasiado fisico. Noites em branco, Dias no escuro. Um desejo incontrolável pela tua busca. A tua presença é deveras única…

Amigas…!

Amigas. Esta palavra não assenta bem… São as minhas put@s, as minhas vacas, as minhas atrasadas. São parte de mim… Umas em activo, outras em passivo. Não são muitas, mais que suficientes. Enchem-me a alma, por vezes fod3m-me a cabeça. É difícil viver sem alguém que nos apoie, são e serão sempre apoios diferentes. Todas…

Vivo e revivo o que me faz bem!

Decidi embarcar na busca da felicidade. Da minha felicidade. Decidi ser feliz sem conta e medida, Sem as opiniões alheias à minha vontade. Sem falsas moralidades de seres pseudo-superiores, Vou usar o meu sorriso, aquele que mais gosto, Pouco me interessa se tu gostas ou deixas de gostar. Vou agradar quem eu quiser, vou envolver-me…

Só assim a vida faz sentido…

Tenho tanto para vos dizer…tão poucas palavras para o fazer. Deparei-me com a criança em mim esta semana. Ver a vida e a morte a andar de braço dado nesta vida não é fácil. Mesmo em adultos, não paramos de crescer. É constante esta grande mudança. Em todos os grandes aspectos da vida… Encontrar o…

Sejam MULHERES, sem medos!

Todo o ser humano feminino é bonito, sem margem de dúvidas. Todas diferentes, com mil e uma diferenças, a beleza feminina prevalece na presença, maturidade e naturalidade de cada uma de nós, mulheres. Desde que nos apercebemos de que ser mulher é muito mais do que um corpo, a mente começa a mudar. Não há…

“Em cima da cadeira de pele ficou um bilhete…”

Texto/Maiores de 18 5 da madrugada! Depois de mais uma festa “daquelas” coube-me a mim, como Presidente fechar as portas do Motoclube. A limpeza fica para mais logo uma vez que o cansaço venceu! Ouço os últimos “rosnares” de escapes cá fora enquanto os meus “irmãos” mais resistentes abandonam o recinto. Apagar algumas luzes, quase…