Loucos, dois loucos de desejo.

  Não me deste tempo para respirar. Mal as portas do elevador se fecharam, travaste-o entre andares. Encostaste-me ao vidro, senti os teus lábios no meu pescoço, como se fosse uma descarga elétrica. Senti o meu corpo amolecer e as pernas ficaram bambas. A atracão que exercias em mim era inexplicável Não me conseguia controlar….

Quem é este estranho que nada sei mas quero de volta?

Esperei uma eternidade por aquele estranho como quem espera pelo fim de semana e quando finalmente chegou os relógios acordaram para o levarem junto com o tempo. Já que te foste podias ter levado as nossas memórias também contigo ao invés de me deixares neste purgatório sem a tua pele, mas contigo a assombrares a…

Tu confundes-me e consomes-me.

Corada, quente e insaciável é assim que estou. Estás tão presente no meu corpo que quase que posso jurar que o teu toque é real. Peço que te vás embora. Vai! Tu confundes-me e consomes-me. Temo que nunca mais me irei encontrar, e acabarei por morrer sozinha, com saudades de mim e do teu corpo….