Entregue

E finalmente ela decidiu entregar-se aos seus desejos mais íntimos. Ele já a esperava ansiosamente como quem espera pela primeira refeição após um longo jejum. Ela senta-se na beira da cama, como quem espera por instruções. Ambos sabiam que hoje não haveria troca de mimos ou juras de amor. O respirar fundo anuncia a concentração…

Loucos, dois loucos de desejo.

  Não me deste tempo para respirar. Mal as portas do elevador se fecharam, travaste-o entre andares. Encostaste-me ao vidro, senti os teus lábios no meu pescoço, como se fosse uma descarga elétrica. Senti o meu corpo amolecer e as pernas ficaram bambas. A atracão que exercias em mim era inexplicável Não me conseguia controlar….