Por falar em salivar…

  Fotografia: Via Pinterest Naquele momento já lambida pelo teu calor e embriagada pelo teu cheiro, o que mais desejei foi ter o tamanho de uma gata. Sim de uma gata! Para trepar todo o teu corpo, esfregar-me em cada centímetro de ti e marcar-te com o meu cheiro, deslizar pelas tuas costas, arranhar-te e salivar…

Tu queres provocar o caos dentro de mim

Despida avanço em direção ao penhasco e lanço-me no vazio enquanto o ar se desvia para eu passar até pousar no teu colo e juntos entramos no teu santuário onde pregas o pecado. Com ternura deitas este corpo nú no altar e contemplas-me como se tivesse sangue divino. No ar o cheiro das velas ocupa…