Arquivo de etiquetas: guerreiro

Metade de pecado

Cada durão sonha encontrar a sua metade.
A sua metade de pecado,
Prazer,
De diversão.
Podem ser duros, mas isso não chega.
E serem fortes será  a melhor opção.
Mas como qualquer bom coração,
A metade chega e os muros altos são derrubados.
Deixam de ser guia, passam a ser guiados,
Descansa!
Nunca serás transformado em algo que não és.
A tua essência permanecerá intacta.
Mas esta tua metade será a tua força.
©Krishna 2017      #69Letras

Obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas! 69 novas formas de prazer!

Regista-te em www.aubaci/69letras

Banco de jardim 

Há dias em que paro a mente. Sussurro para mim mesmo o que estou a tentar fazer com a minha vida e o que desejo para mim.
Se sou a pessoa certa, se sinto o mais correcto, se no fundo tenho tudo aquilo que preciso e se, o mais importante, sou o Homem de quem tenho mais orgulho em ser. E muitas vezes esbarro na minha fragilidade e penso que tenho feito muitas coisas bem e muitas coisas mal. Leio um texto que me deixa a pensar ainda mais sobre o amor…o que é, o que deveria ser, como deveria ser e de que maneira o sinto ou deveria de sentir.
Sim é verdade…nem sempre sabemos como nos sentir no amor.
E nem sempre sabemos o que nos espera na vida e qual o sentimento que devemos realmente almejar e conquistar.
Afinal o que precisamos nós da vida e do amor? O que queremos e devemos desejar na vida e no amor?
E estas perguntas fizeram-me pensar.
Vivemos a vida tão rápido, agimos e pensamos de cabeça quente, tentamos ser os donos da nossa razão e vivemos a pensar que morremos amanhã.
É certo…eu acredito em viver um dia de cada vez como se não houvesse amanhã mas…
Será a maneira correcta de pensar? De agir?
Vejo uma imagem que me acaricia os olhos e acordo.
No fundo no fundo aquilo que todos queremos está nesta imagem.
Posso não ter nada.
Posso ser a pior ou a melhor pessoa do mundo aos olhos dos outros.
Mas apenas tenho a vontade de viver.
É sempre uma utopia pensar que tudo dura para sempre e que tudo o que temos é para sempre.
Mas todos apenas queremos o que aqui se representa…
Alguém que, naquele momento em que não temos nada e em que nos sobra apenas um banco de jardim, esteja ali.
Connosco.
Se é para sempre ou não…nada disso importa.
Só importa aquele momento.
E é isso que vale a pena ter e viver um dia de cada vez.
Todos os dias.

Guerreiro #69Letras

Senta-te aqui comigo… 

Vem…

Senta-te aqui comigo. 

Vamos demoradamente viajar entre as palavras do silêncio.

Vamos olhar-nos como da primeira vez. 

Vamos sentir o frio da pedra que penetra em nós enquanto o nosso silêncio nos aquece. 

Vem…

Deixa-me sentir o teu coração bater. 

Deixa-me olhar os teus olhos que me enchem de vergonha e embaraço.

Vem…

Senta-te aqui comigo.

Perduraremos na tarde soalheira e fria.

Sentiremos juntos o agridoce da estação fria.

No silêncio trocaremos palavras em desalinho constante num bater arritmado dos nossos pensamentos.

Vem…

Vamos recordar o que de melhor tivemos.

Vamos viver este momento.

Vê…

Vê como o meu olhar sente ternura e carinho por ti.

Vê como as minhas mãos não param de tremer por te ter aqui.

Sente…

Sente como enches a minha alma de paz enquanto falas com a tua voz doce

Sente como a tua silhueta, aí, sentada, me provoca desejos de te ter.

Mas só por agora.

Neste momento.

Vem…

Senta-te aqui comigo.
Guerreiro 
Foto Original by Guerreiro 

PSIUUU! 

 

É cedo… são 8 da manhã e espero pelo teu sorriso…
Estive contigo até ao entardecer da noite e deixei-te apenas para ir descansar mas…
Passei a noite a pensar e a contar as horas para te ver… não que não tenha dormido… dormi até que o raiar do sol me despertou.
Mas dormi contigo.
Esperei ansioso pelo teu olhar nos meus sonhos. Pelo teu sorriso que ilumina mais até  que o dia mais brilhante.
Esse sorriso que me transporta para além do vulgar, para além da realidade que sempre conheci.
Estou na bomba de gasolina a por água no carro quando te ouço chamar…
-Psiuuu – dizes tu.
Olho e contemplo o teu sorriso que me diz: “Estou aqui meu amor! Cheguei e tinha tantas saudades tuas!!”

Guerreiro


Visita a nossa loja online

e obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas!

https://www.aubaci.com/69letras

Mundo seguro… 

Nas tuas mãos cabe um mundo inteiro.

Nas tuas mãos torno-me pequeno como a areia e infinito como o céu estrelado em que nos entrelaçamos.

Quisera eu saber o que me reserva o futuro e saberia que sempre estarei seguro nas tuas mãos.

Os teus dedos deslizam sobre mim e tocam-me a alma com fogo e delicadeza. A tua pele que se entranha na minha de forma densa e perigosa causa-me arrepios.

Tenho a forma e a noção que nessas mãos já mais me sentirei inseguro e sem confiança.

E é tão bom acreditar e sentir a verdade oculta nessas mãos.

As tuas mãos…

As tuas mãos são o mundo que me segura.

Porque nas tuas mãos seguras o meu coração.

As linhas da vida, da nossa vida, estão escritas.

As linhas que nos guiam e guiam o teu amor estão nas tuas mãos.

Essas mãos que tanto apertam como acarinham. 

As tuas mãos…
Guerreiro 

Pontos de viragem… 

Novos ciclos.

A vida é imprevista.

Perturbadoramente e inesperadamente uma caixinha de surpresas.

Num ponto de viragem que nunca esperei mudei tudo.

Aposto numa alteração brutal por amor e por carinho que nunca, até hoje, tinha recebido de maneira tão intensa e tão sincera.

Mergulho….Entro a pés juntos, de cabeça, o que seja….

Como se á beira de um penhasco com o oceano pela frente e naquele impasse de mergulhar de cabeça sem saber o que me espera lá em baixo na agua, eu atiro-me de corpo e alma.

Numa reviravolta improvável de acontecer, fecho um ciclo, renovo-me e mudo a maneira de viver nesta vida.

Fecho a porta da solidão e abro a janela do amor e da compreensão.

Quem me conhece e, atentamente, conhece o que me vai dentro do peito sabe que nunca o faria se não tivesse uma certeza mais do que certa em relação ao passo que tomei.

Sou indeciso por natureza e inseguro pela vida e por tudo o que passei.

Meço todas as atitudes que tomo racionalmente e ponderadamente sobre a minha vida.

Quem me conhece bem e me lê sabe disso….

Mas hoje…

Hoje fecho um ciclo.

Dentro de mim abandono a solidão que me fazia chorar todas as noites um pouco por dentro e me matava aos poucos o que ainda restava de sentimentos.

Dentro de mim afasto a frieza que começava a ganhar ao calor do carinho e do abraço sentido para amar sem medidas e sem medos.

Parei.

E quando parei encontrei…

Fui encontrado.

Resgatado do abismo.

Alguem que me puxou lá do fundo pelos dedos….já não havia espaço para agarrar a mão…

Restavam apenas fragmentos do que eu era….

Mas ainda existe muito por fazer.

Tenho de abandonar a desconfiança de que posso me magoar novamente.

Há que deixar correr o tempo…Ainda estou no ar….atirei-me e ainda estou a voar rumo á agua lá em baixo….

A adrenalina do voo não me deixa antever o que está por baixo da agua….é um jogo em pleno voo que é jogado intensamente e muito rapidamente.

Vou mergulhar ainda mais fundo neste amor ou baterei numa rocha dissimulada pela agua?

Não sei…

Aceito a aposta deste jogo em que as hipóteses de ganhar são imensamente maiores do que as hipóteses de perder.

Confio no salto que dei.

Confio em ti meu amor.

E nestes pontos de viragem sigo contigo.

Estou ao teu lado…finalmente juntos porque o que nos une não se explica.

Nestes pontos de viragem eu pertenço-te e tu a mim.

?
Guerreiro

Escrevemos… 

Há dias em que queremos escrever e sentimos que nada faz sentido.
Procuramos palavras, sentimentos, um motivo, uma atitude, um gesto, uma palavra…
E nada faz sentido.
Escrevemos porque nos liberta e nos faz despejar a alma em palavras.
Mas a alma é sorrateira e esconde-se nos meandros da nossa escrita.
Esconde-se para não ser descoberta.
Há dias em que nada faz sentido e tudo parece ser o que sempre foi… mais do mesmo… a vida que queremos e não queremos.
E escrevemos essa vida em palavras para atenuar o que temos e não temos.
Escrevemos as nossas ilusões e os nossos desejos.
Escrevemos as nossas agruras e o nosso desânimo.
Escrevemos as nossas fantasias mais ousadas e o que vivemos intensamente.
Somos aquilo que escrevemos e nada mais importa quando usamos um papel, teclas ou o visor de um dispositivo qualquer…
Não temos horas,
Não temos dias,
Não existe noite ou dia,
Não existe tempo para fazer aquilo que nos emerge num sentimento profundo de liberdade!!
Escrevemos…
Quando nada faz sentido até na escrita…
Escrevemos!!
Somos 69’ers e adoramos!

Guerreiro