Arquivo de etiquetas: força de vontade

Supera-te!

Este é o teu tempo! O tempo certo. O tempo ideal para derrubar barreiras e conquistar fronteiras. 

Concentra-te! Focaliza o teu objectivo! Está ali, vês?
Tua mente já bate com os punhos na mesa, é agora ou nunca!
Deixa-te de desculpas. Desistir tão pouco é uma opção!
Respira fundo! Ignora o teu redor.
A vitória aguarda-te faz tempo. Vamos lá!
Basta avançares. Mexe-te em direção ao pódio. Foi feito à tua medida. Já te pertence. Só falta o primeiro passo. O teu.
Não antecipes a glória. Não substimes o adversário. Ele está lá. E fará de tudo para arrancar o pior de ti.
Agora respira. Abranda teu ritmo. Focaliza-te.
Preparado?
1,2 e 3! Vai! 

Autora da página Deusa Do Caos

©Miss Steel 69Letras 2017

Ansiedade.

Ansiedade.

Maldita sejas, a culpa é tua sua put@ que vieste pra ficar.
Um tic-tac tortuoso tira-me do sério ele não me deixa pensar.
És contraditória serves pró bem e pró mal, não tens vergonha fazes-me ser assim visceral.
Quero tudo e quero agora mas ao mesmo tempo tenho medo desse querer.
Pareço o “Chapeleiro” e fico assim sem saber o que dizer.
Tal loucura vive em mim numa dinâmica infernal.
De tanto querer sofro, de tanto fugir também me faz mal.
Luto, luto e luto contra o tempo e contra ti.
Tremo de vontade, mordo os lábios e afasto tudo de mim.
Aiiiiii que merd@ vai-te embora, deixa-me raciocinar, fazer os meus cálculos matemáticos.

Preciso tanto de pensar.
Não vivo de sonhos nem fantasias menos mal podia ser pior.
Estas minhas pernas não me querem obedecer elas cedem à tua vontade minha vaca de teu nome ansiedade.
Uma senhora não diz asneiras e tem sempre de saber se comportar mas eu sou louca e desvairada por isso estou-me bem a marimbar.
Vou tentar fingir que não existes e aos poucos arrancar-te de dentro de mim.
Pois eu agora sei o que quero e vou lutar por isso até ao fim.

°Wednesday°

Rasgas-me a alma com os teus alentos

 

11226552_1643597139219350_7389294118401988608_n

Lê mais aqui

Feres me os tímpanos com o teu silêncio , rasgas me a Alma com os teus alentos , atiras tudo que há em nós aos quatro ventos .
Causas-me danos , que reparas de seguida com um chorrilho de beijos , com todos os desejos , vens , feres me , mutilas toda a minha força de vontade e partes cheio , cheio de mim , de nós , sem sequer pensar na dor que fica para trás.
Um dia vou entender que espécie de sentimento é este que vamos nutrindo e alimentando ou deixando à míngua e à sede .
Um dia vou dizer te … Fazes me mal , sugas me a Alma , deixas me destroçada , arrasada .
Um dia …. Quando perceber o que é isto …. Um dia.

Raven #69Letras