Cair no cliche de uma rosa

Não sou de bombons e ramos de flores caríssimos naquelas datas dadas aos clichés normais mas… Apeteceu-me! Vi alguém com uma rosa na mão e cobicei! AHHH Que pessoa horrível que sou, já sei! Mas assumo a minha pequenez ao sucumbir a tais normalidades. A vulgaridade de uma simples flor, meio despida e ausente de…

Distância…

Estás distante mas tenho-te em mim, a Alma errante procura-te sem fim, numa triste e longa caminhada, pelo cheiro das estações pautada, de flores silvestres e jasmim, vagueia sem rumo nem direcção, resolve ignorar a razão, ao destino errático se prende, e ao coração que procura se rende.

Um beijo doce e intenso do teu “Amore”…

Continuamos dois estranhos, dois Yin e Yang de incompatibilidade compreendida, sem ódio nem mal desejável… apenas fica o amor que entre nós durou e que gostaria que tivesse perdurado… Amei-te mesmo sabendo que ainda o amavas, desejei-te mesmo me sentindo indesejável, venerei-te mesmo sabendo que apenas me respeitavas… foi duro, difícil mas de uma coragem…

Mulheres, acordem! (De nós Homens para vocês, Mulheres)

Mulheres, acordem! (De nós Homens para vocês, Mulheres) Nós, homens, não nos importamos se tu falares com outro homem. Não nos importamos se vocês são amigas de outros homens, mas quando vocês estão sentadas connosco e um homem qualquer aparece e vocês saem a correr e pulam para cima dele, sem sequer nos apresentar primeiro,…

Podes ir

Podes ir, já te ajeitei o caminho, das pedras que transformei em flores, não precisas o olho franzir porque no teu passo devagarinho o que te cruzas não são amores senão as pedras do caminho que afasto do teu sorrir. Podes ir, já te ajeitei o banho para quando chegares, cansada dos lugares eu numa…

Ver alguém acender um cigarro e Pedir-me lume…

  Chega de desalinho Em mim De ficar presa ao atacador do tempo De deslizar nas frases sem sentido… Agora quero fazer sentido aqui Comigo! Na paz dos lençois brancos Com cheirinho a limpo. Quero ver lá fora papoilas Vermelhas Cheirar-lhes a cor Sentir os montes altos Mas alcançáveis e virar a esquina com um…

Em que é que estás a pensar?

  O facebook pergunta: em que é que estás a pensar? Eu respondo: Nele. Claro! Só podia, só penso nele, neste segundo imediato, nos que já passaram e nos segundos que ainda virão. Ele está por todo o lado, rodeia-me, abraça-me, aconchega-me, mima-me, provoca-me, enlouquece-me, não o vejo, mas sinto-o aqui. Por senti-lo o tempo…