E se o meu corpo é pequeno a minha alma é grande quando está na tua presença!

  Não é segredo que nos rendemos um ao outro, tu à minha luz e eu à tua noite. Não é segredo que transpiramos os momentos que inspiramos. Ardo em saudades que não conto, passo pelos dias com saudades da tua singular noite. Se um dia fui Rainha foi porque tu foste o meu Rei…

Seria o teu verão se me deixasses…

Seria o teu verão se me deixasses, por mais que te lembrasses que a tua vida é um senão, seria o calor da areia quente em teu dorso, a agua que varre esse coração que não palpita, que nessa forma maldita indisposto, se sobranceira, se põe em bicos de pés, dessa maneira tão vazia, sem…

Deixa-me ser o que olhas

  Deixa-me entrar em teu ser e ser alvorada, tirar os dedos um a um e abrir essa mão fechada, descobrir na palma da mão, na curva da vida abrigada, um porto de abrigo, uma janela, uma porta, uma nova entrada. Deixa-me entrar em teu ser e ser a colheita tardia, aquela que demora, que…

O mundo despertava e nós também.

  Cortamos laços com o dia lá fora contrariámos a rotina, transformámos o sol em noite e tornámos-nos mais uma vez amantes. O relógio foi atirado para uma gaveta qualquer, os telemóveis desligados, fechamos a porta e deixámos a responsabilidade lá fora. Tantas pessoas a quem responder mas não quisemos saber. Foi aquela vontade de…

Amo-te como se ama a primavera

O mundo flui quando me escreves. Desenvolta a paixão que do meu coração brota, como se de uma amalgama de destroços, os reconstruisses fazendo a mais bela essência que me nutre o viver. Tu és as Rosas que pululam livremente entre Narcisos e Jasmim num jardim oriental que para lá do sol posto, nascem da…