Arquivo de etiquetas: feliz

Os dias passam e eu procuro-te…

4a828c31b978c1e0d3cce7eef5b52d3f

 

Os dias passam e eu procuro-te…
Procuro-te nas sombras que chocam com a minha, e imagino que és tu, (se soubesses a alegria que sinto nesses micro segundos!) mas quando olho para trás, ou para o lado… não te encontro. E esta dor ganha ainda mais força.
Vagueio por aí na esperança de surgir um sinal que me possa dar um pequeno vislumbre de ti.
Um pequeno… uns segundos de ti…
Estás tatuado nas minhas memórias, e sim, posso reviver-te sempre quando e onde eu quiser…
… mas as memórias não têm o teu cheiro e muito menos o teu calor e a falta que tu me fazes provoca-me um buraco no peito que mil amantes não conseguem preencher…
‘ A falta que tu me fazes, ninguém me faz.’
Em silencio e em segredo peço aos céus que te tragam a mim… pelo menos uma vez… uma vez.
Quero olhar para o teu rosto, abraçar-te e perguntar-te se és feliz aí onde tu estás, seja lá onde for.
Ver-te nem que seja por uns segundos, é o presente de Natal que em segredo eu peço aos céus, aos infernos, aos duendes, às fadas, às bruxas e mágicos, e a todos os seres místicos que escritores inventaram com poderes para te trazer de volta à terra… nem que seja por uns segundos.
Não vou desistir de encontrar um sinal de ti, nem de te encontrar em cada sombra, ou de sonhar que quem avisto lá ao longe da rua, és tu a caminhar em direção a mim…

A Vizinha

Fotografia: Via Pinterest

Quem sou eu?

11990627_1627493170829747_1724188276568388537_n

 

Quem sou eu?
Sou menina mulher
Que depressa cresceu
Saltou etapas
Mas muito viveu

Menina mulher que cedo aprendeu
A lutar pela vida , esta sou eu
Menina mulher que muito sofreu
Mas com isso aprendeu e construiu um novo eu.

Menina mulher determinada e guerreira
Que vira o mundo a sua maneira
Menina mulher que aprendeu
A ser feliz com o que a vida lhe deu.

Esta sou eu….Kate!

 

A noite é testemunha da dor

12274332_1626953744217023_4790249500462452358_n

 

A noite é testemunha da dor que carrego no peito,
da vontade de ser feliz e não conseguir,
das tentativas frustradas de agradar os outros,
de querer vencer e sair sempre perdedor.

A noite observa em silêncio a solidão
que é presença activa nos meus dias.
Conta as lágrimas que fluem dos meus olhos,
frutos do terror de pressentir mais um amanhã,
igual a tantos outros.

Sinto-me um inútil, perdido, injustiçado,
sem esperança de um destino melhor.
No meu peito restam as cinzas
de uma chama que em tempos ardeu,
quando eu era feliz.

ZEUS

O sangue em frenesim!

11140076_1527159357601605_7155331153649792590_n

 

Ele não suporta o meu nariz empinado, nem o jeito com que o provoco fazendo exatamente as coisas que ele não gosta e ainda lhe sorrio descaradamente, sorriso esse que se rasga ainda mais ao ver a veia na testa dele a latejar… já sei o que me vai esperar…
É uma especie de bullying para quem não entende para mim é vida! É ter o sangue em frenesim! É poético!
Quando ele se zanga comigo fica cego com tanto calor, leva-me para o quarto e fecha a porta. Aqui me confesso que gosto destes tratos (são os melhores) e por isso não consigo parar de o provocar, gosto dele assim, autoritário e agressivo.
‪#‎ConfioNele‬
Dentro das quatro paredes ele chama-me de puta, sorrio com o olhar e ele derrete-se com a minha putice. Quer-me possuir a seco, mas já estou mais que molhada e pronta para o receber. Sempre quente para ele! A minha taradice em satisfaze-lo não tem limites, sou gulosa com os seus gemidos!
É… sofro de bullying, o meu namorado humilha-me dentro do quarto, faz de mim sua escrava, fode-me com indiferença é cruel nas palavras que me dirige…

e eu…

… renasço no meio de tanto bom trato. Sinto-me por fim, leve e liberta. Reponho por fim as noites mal dormidas e descanso como uma princesa, feliz e segura. Ele expulsa os demônios do meu corpo, faz-me chorar a dor que escondo dentro de mim… faz-me suar a prisão em que vivi.
Renovo-me nas mãos do meu namorado.

Em mim… apenas tu estás.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Desde que o cupido me acertou que não penso em mais nada a não ser em ti.
Nada mais me interessa excepto tu.
Apenas quero saber de ti,
de ti que me encantas com o teu sorriso de galã,
de ti que me cativas com o teu olhar de avelã,
de ti que me entonteces com esse charme subtil mas provocador.
Não quero saber do tempo, se chove ou se está frio,
muito menos me interessa saber do malabarismo politico!
A mim apenas me interessa se o teu olhar é feliz e se o teu sorriso é sincero.
Tudo o que tem a ver contigo interessa-me. O que não tem, não quero saber.
No meu peito, há espaço para ti, para os teus ‘q’s, para os teus sonhos, para os teus dias menos bons, para tudo o que diz respeito a ti.
Tudo o resto, não tem lugar em mim.
Em mim… apenas tu estás.
Tu.

Amar e ser amado? Para dançar o tango são precisos dois.

image

Era o meu amor inteiro e o teu migalhas era eu feliz e deslumbrada pelo que sentia por ti, não pelo amor que me entregavas mas pelo que experienciava dentro de mim.
Oh! Eu amei-te incondicionalmente numa desmedida loucura, saltitava que nem adolescente para os teus braços, sentia-me realizada cada vez que te via sorrir.
Eras tu a minha demanda
Eu tua salvadora,
Tu o meu príncipe desnorteado
Eu, o teu norte.
Do que sinto mais saudades é de te amar e de sentir aquele amor queimar dentro de mim, mas esse amor desvaneceu-se, amar ou ser amado? Eis a questão.
No final este amor transformou-se em cansaço, amei-te por dois, alimentei o meu amor e o teu.
No final fiquei eu, cansada e desfalcada.
No final ficaste tu a lutar pelo que deixaste de receber.

Amar e ser amado?
Para dançar o tango são precisos dois.

?Cátia Teixeira, Vizinha 69Letras® 2015