Arquivo de etiquetas: família

Paz de Espirito

Os filhos não tem noção, quanto é o esforço que os pais fazem para lhes poder dar um futuro melhor.
Sacrificamos tantas horas embrenhados num ou vários empregos, que grande parte de nós, não gostamos, só para podermos sustentar os filhos.
Poderem ter um tecto, cama, comida e roupa.
Tantos fins semana perdidos, tantas férias desencontradas da família, para quê?
Para chegar um dia, e ver as tuas crias saírem porta fora.
E perguntas-te?
Será que os criamos bem?
Será que algum dia conheci bem os meus filhos?
Como mãe questiono-me.
Valeu a pena?
Tantas noites passadas fora, sem lhes colocar a vista em cima.
Chegar a casa, vê-los já deitados, a dormir.
Dás um beijo de boa noite, e eles sem se aperceberem de que estás em casa.
De dias passa a semanas, semanas a meses, meses a anos.
Sentes o teu coração apertado, invade-te uma tristeza, porque apercebeste
que, quase nada já sabes dos teus filhos.
O que gostam de ver, o que gostam de vestir, de comer, de fazer.
Sentes-te uma estranha na tua própria família.
Abdicaste tanto em prol de um lar seguro, estável financeiramente,
mas instável a nível emocional.
Hoje, vês-los a fugirem por entre os teus dedos.
Tens de tomar decisões.
Colocas na balança todos os prós e contras.
Chegou a hora, o momento de optares.
Trabalho sem filhos ou, filhos sem pais.
Colocas um basta!
Perdeste parte da infância, a adolescência quase toda,
mas não podes perder o inicio da idade adulta.
Em qualquer uma das fases eras precisa, para apoia-los,
mas perdeste quase tudo.
Agora tentas redimir-te, tentas infiltrar-te de novo na vida deles.
Amor de pais e filhos é incondicional, seja em que situação for.
Deixam-te aos poucos entrar na vida deles, deixam-te partilhar alguns dos seus momentos,
Nós tentamos recriar os laços perdidos.
Eles permitem. O teu coração aos poucos começa a ter brilho,
o peso de tristeza e remorso, começa a tornar-se em alegria.
Aos poucos voltaste a ganhar a sua confiança.
Sentes paz de espírito.
Recuperaste algo que julgavas perdido.
Amor e respeito dos teus filhos.
Um dia quando forem pais, eles perceberão,
os sacrifícios que fizemos em prol de um futuro risonho para eles.
©Lola 2017 #69Letras

Primeiro-ministro manda os portugueses imigrar

Desculpem-me lá mas eu vou ter que comentar uma notícia que acabei de ler. Qual é a ideia do senhor primeiro-ministro de mandar os portugueses emigrar? Estupidez? Só pode ser. É que nenhum primeiro-ministro devia de ter a infeliz ideia de mandar o próprio povo emigrar. Em primeiro lugar devia de querer era todos os portugueses em Portugal, já que é o “nosso” país. E em segundo lugar se não sabe dar conta do recado que faça lugar para quem sabe.

Eu sou sincera – não entendo nada de política. Mas uma coisa sei – sei que não se emigra só por um “político” dizer isso ao povo.

Não se emigra de um dia para o outro. Não se chega ao “destino” e lá está uma casa e um trabalho onde se ganha bem a esperar-nos. Não, o que espera os emigrantes é trabalho duro, infelicidade e muitas lágrimas. É preciso saber para onde se vai antes de ir para lá. É preciso ter a certeza que teremos um trabalho e dinheiro a cair todos os meses na nossa conta bancária. É preciso sofrer para viver.

Eu nunca tive a “sorte” de viver em Portugal, já que os meus pais emigraram a muitos anos. E sei o que lhes custa estar a viver na suíça e não em Portugal. Eles aqui não são felizes. Eles estão cá para poder proporcionar uma vida melhor aos filhos. Pode haver agora pessoas que pensem – ah aqueles estão na suíça, são ricos. – para essas pessoas tenho uma notícia bombástica: Não somos ricos! Nós – os meus pais já passaram grandes dificuldades aqui. Fartamo-nos de trabalhar para podermos ter dinheiro para ir visitar a família. Caiem lágrimas todas as vezes que temos de nós ir embora. É um aperto enorme no coração quando por telefone vamos sabendo o estado dos membros mais velhos da família. Não podemos sair de casa e ir lá ter, porque estamos a muitos quilômetros de distância das pessoas que gostamos. Das pessoas com quem os meus pais cresceram e viveram. Ta certo que aqui podemos comprar mais facilmente um bom par de tênis ou uma peça de roupa mais cara. Mas sabem uma coisa? Eu prefiro ser feliz do que andar com roupas de marca. Eu preferia poder ir todos os dias a praia do que comprar algo mais sofisticado.

Espero que entendam. Vida de emigrante não é fácil nem bonita.

?? © Peregrinus 2017 #69Letras

Olá, eu sou o Krishna.

Passado algum tempo, de altos e baixos por este pequeno percurso que me foi oferecido, queria-vos mostrar por quem me passo.
Foi algo que me pareceu mais que certo e acima de tudo são letras, são palavras que nos definem nesta grande página. É um agradecimento a duas pessoas, ambas especiais, na sua própria maneira, as quais admiro muito.

 

Olá, eu sou o Krishna.

Nasci no dia 18/01/2015.
Infelizmente nasci nas ruas da vida e fui acolhido para um sitio, cheio de muitos como eu.
Mas alguém mudou a minha vida.
Alguém decidiu que iria adoptar uma vida, amar um ser, cuidar de um coração. Mas esse alguém não sabia que eu também iria cuidar dela.
Sou um gato preto, de olhos verdes. Azarado pela sociedade, sortudo por toda a família que tenho.
Não falo, mio. Acho que por vezes ladro, e a minha humana doida ri-se muito de mim.
Gosto muito de ir atrás das coisas, mas também sei quando ela precisa de mim.
Pois ela é o meu mundo.
A minha mãe.
Que me ama de coração e com todas as letras dessa grande palavra, me enche de carinho.
Ela ri, dança e diz baboseira. Gosto tanto desta minha dona doida! Mas por vezes ela chora … e eu sem conseguir uma palavra lhe dizer, seco-lhe as lágrimas com leves lambidelas, para nunca mas nunca se sentir sozinha. Dona vales tanto, enquanto tiver 7 vidas, farei tudo para as viver ao teu lado.

Depois há outra doida nestas paredes…
Vi-a poucas vezes. E cheirei-a…Não é miúda de gatos!
Mas conquistei-a quando miava por ela ao telefone. Sou um doido eu sei. Tenho tanto charme nestes olhos verdes natureza, pêlo preto brilhante. E sim, sou ágil como um felino.
Eu adorava exprimir-me em palavras.
Inconscientemente penso que a outra doida pensou nisso… viu em mim palavras, pensamentos, sensações que poderiam ser de alguém.
Ela pode ter sido muita coisa antes de me conhecer… mas desde desse momento que ela é a Krishna. Uma versão humana de mim, que tenta da melhor maneira que sabe, exprimir em letras soltas o que lhe passa na veia.

Tenho poucas, poucas palavras, para agradecer.
A dádiva de ter um sobrinho felino inspirador, e pela confiança depositada pela maior amante de felinos que conheço.

Vocês são inspiração.

Obrigado ❤

A Krishna 69Letras®27.02.2017

Reflexão de Natal

Do ultimo andar do meu prédio, um frisante branco na mão vejo as luzes da noite iluminarem a minha cidade,
que outrora nesta época natalícia ouvia-se as crianças a brincar na rua, a família e os vizinhos juntavam-se para
a noite de ceia.
O Pai Natal a receber as cartas das crianças, com desejos tão simples, tão inocentes.
Os presentes que recebiam eram feitos à mão pelos pais.
Usavam nesse dia a sua melhor roupa, como se fosse um domingo.
Mas o melhor presente que recebiam era o amor, carinho e compreensão e uma mesa recheada de comida.
Comida essa, que era escassa nos outros dias do ano.
As crianças eram felizes.
Nessa altura não havia desalojados, podíamos ser pobres, mas eramos felizes.
Agora….
O Natal não passa de uma data para consumismo extra, compras desnecessárias. Desapego à tradição.
As crianças de hoje passam esta época natalícia, sem saberem quais os reais valores, sem saber o quão raro
é a jóia de ter uma família.
Essa sim é a nossa melhor dádiva.
Passamos ao lado dos desalojados e viramos o rosto por vergonha ou medo de um dia também podermos estar ali.
Na rua, ao frio, ao vento, a passar fome.
Esta época tornou-se fútil,tornámos as nossas crianças fúteis e, fomos nós que os direccionámos para esse caminho.
Fizemos-los perder essa noção, essa grandeza de dar e receber amor.
Deixo-vos este singelo desabafo, e espero ter chegado ao vosso coração.
Vou juntar-me à minha família, como tenho feito todos os anos, desde que me considero por gente.
Vou desfrutar da companhia deles, do calor, do carinho com que sempre me habituaram.
Espero que Vós fazeis o mesmo, apreciem cada momento, como se fosse o último.
Desejo-vos um FELIZ NATAL com muito amor e carinho,
De alguém que vos estima muito.
LOLA #69Letras

Bombeiros das nossas vidas

Todos os dias nas noticias destacam-se. A população já não vive sem eles. Salvam vidas, lares, memórias tão valiosas para nós meros mortais, contudo todos os dias eles fazem-se de super-heróis para garantirem a nossa segurança. Mas por incrível que pareça são subestimados, por vezes desprezados e atrevo-me até a dizer marginalizados por parte da sociedade. Mas isso acaba HOJE.
Se depender da Miss Steel e da comunidade 69 letras, esses anjos de guarda terão o devido mérito e reconhecimento!
Por isso, decidi agarrar num bolo gigante, muita bebida e dirigir-me ao quartel de bombeiros mais perto da Rua dos Prazeres.
Estranho, não está cá ninguém.
– Está cá alguém?
– Bom dia. Estou só eu. Em que posso ajudá-la?
Viram a foto do texto? Pois, eu sei. A mim também me impressionou! Como podem trabalhar os nossos bombeiros com falta de fardamento? Coitado, aposto que tem frio…
– Oh Desculpe. Quer um casaco? Ou uma t-shirt? Moro aqui perto, posso ir buscar!
Miss Steel a pôr a pata na poça…
– Bom, eu trouxe umas bebidas e um bolo para vocês como agradecimento a tudo o que fazem por nós.
– Muito obrigado! Que simpático da sua parte. Infelizmente são raros os gestos de agradecimento para com a nossa instituição. Venha comigo. Temos um refeitório onde poderemos pousar tudo para quando os meus camaradas chegarem.
– Aonde foram? Algum fogo aqui perto?
Credo será que deixei tudo fechado em casa? Ou já se tornou evidente o fogo que este Deus grego provocou em mim. PÁRA STEEL! Mania que tens de pensar que a culpa é sempre tua…ele que se vista…
– Sim mas segundo ultima atualização via rádio, a situação encontra-se sob controle.
A minha situação nem por isso mas adiante…
Continuamos a pôr a mesa para os heróis que estavam a chegar de mais um dia de batalha contra o fogo. Entretanto ele ia-me contando histórias que mais pareciam ter vindo de filmes com atos heróicos e de puro altruísmo. Depressa esqueci-me que ele tinha um corpo de sonho e fiquei-me pelas memórias daquele ser humano que embora sendo tão jovem, já viveu imenso…
Chegou o resto da equipa. E todos se juntaram à mesa a comer e a beber. Mas acima de tudo, a agradecerem a Deus por mais um dia que passaram sem perderem nenhuma vida humana.
E vocês? Já agradeceram hoje a Deus ou ao cósmico por alguma coisa?
Fica o meu mais sincero agradecimento a esses homens e mulheres que abdicam das suas vidas, todo os dias, em prol das nossas famílias.

©Miss Steel 69letras 2017 

Feliz dia do Pai

‘Existem vários tipos de pais. ? Durão ?, brincalhão ?, amigo ?, reservado, alegre, sério… O mais importante é o amor que os une aos filhos ? pela vida inteira.’

– Parabéns pai! Hoje é o teu dia. Feliz dia do Pai –

Apesar dos nossos altos e baixos AMO-TE do fundo do coração. És o meu ?.
Obrigada por tudo

Peregrinus #69Letras

 

Quero seguir em frente

10009291_1639294529649611_3936438040030290655_n.jpg

O Natal chegou e desta vez, esta não é uma época que me traga grande entusiasmo.
Nos últimos sete natais, o meu maior desejo era passá-los a teu lado. Em família… Contigo… Com a nossa família.
Este ano o meu maior desejo é que o velho barbudo leve de mim o que resta de ti.
Estou cansado.
Rendo-me ao cansaço.


Esta luta que é gostar de ti, esgotou-me.
Quero seguir em frente, dar valor e amor a quem luta por mim, sem que o teu fantasma nos atormente.


Mas minha querida, quero, do fundo do coração e pelo amor enorme que te tenho, que sejas feliz! Que te encontres bem! Que nada te falte!
Quando te lembrares de mim, sorri, pelo que de bom um dia tivemos e vivemos… Que eu farei o mesmo sempre que pensar em ti.

KingOfMysteries #69Letras