Arquivo de etiquetas: êxtase

Desejos Negros

TEXTO ERÓTICO M|18 🔞🔞🔞🔞🔞🔞
Desejos negros é aqueles que eu hoje tenho,
Vestida para matar,
Vestida para dominar,
Sim, hoje quero-te levar ao limite e
quero que me faças alucinar de prazer 
De prazer contínuo,
Quero ouvir-te implorar para te cavalgar
sobre o teu elo,
Quero-te a gritar quando tiver atingir o orgasmo,
E as minhas unhas cravadas no teu peito.
Quero fazer de ti meu animal de estimação,
Vem!, Subjuga-te em cima de mim, 
Saboreia cada parte do meu corpo, 
Arranca-me uivos de prazer,
Morde-me os mamilos, faz-los ficar espetados e rijos,
Chupa-me o meu monte de Vénus,
Brinca com o meu Clitóris,
deixa-me sentir essa tua língua quente e húmida,
Isso!!!! Sim!!! Faz-me vibrar, 
Dá-me esse membro ainda erecto,
Introduzo-lo nesse vulcão em erupção,
Rasga-me toda, faz-me explodir
Bem fundo!! 
Grito quase atingir o meu limite,
Ordeno-te que atinjas o teu também,
Tentas me negar esse prazer,
Puxo-te para mim, mordo-te o lábio de desagrado,
Beijo-te sofregamente e cravo de novo as minhas unhas,
mas desta vez nas tuas costas.
Oiço-te gemer. Adoro!!!
Dá-me mais tesão!
Movimento os meus quadris de forma a contrariar
a tua vontade de me satisfazer.
Sou bem sucedida, oiço o teu grunhir de êxtase, 
em uníssono com o meu uivar.
Deixo o meu sorriso de diabinha surgir.
Desafio concretizado.
Deixo-te na confusão da cama, dispo-me lentamente,
vejo-te ainda a olhar para mim como um animal esfomeado
Provoco-te e sei que não resistes.
Dirijo-me para o duche e oiço os teus passo de cordeiro
atrás de mim.
Agarras-me na cintura e jogas-me contra a parece do chuveiro,
Vamos para outro round, 
Só que desta vez a dominação é tua…
©Lola 2017 #69Letras

Confissões Universitárias

Texto Erótico | M18

Sou a Maria tenho 28 anos, sou Professora e tenho uma confissão a fazer. Pequei ao mais alto nível, no meu ultimo dia de trabalho numa das universidades, onde fui substituir um colega doente.

Fez um mês que estava nesta Universidade e havia um aluno bem – como haverei de descrever? – excitante! numa das minhas turmas. Sou uma mulher com fartos seios e lábios carnudos e sei bem o efeito que provoco nos homens.  Vesti uma saia bem justa e uma blusa onde os meus seios com pouco esforço poderiam disparar para fora. Decidi que seria aquele dia em que comia o Pedro. É que ele excitava-me imenso durante as aulas, e visto o meu marido em casa não me satisfazer a bastante tempo, perdi-me. Eu já tinha ouvido algumas conversas entre ele e os seus amigos, portanto sabia que ele também o queria.

Na sexta-feira durante as aulas tentei arranjar maneira de o fazer ficar mais tempo na sala de aulas do que os outros alunos. Deu o toque de saída e todos os alunos se despediram de mim e agradeceram o bom trabalho que fiz. O Pedro veio em ultimo. Deu-me a mão para se despedir. Eu perguntei se ele tinha algum compromisso a seguir, e ele respondeu que não. Pedi para ele se sentar. De pé em frente a mesa dele verguei-me e com pouco esforço consegui que o botão da blusa saltasse. Os meus seios ficaram bem visíveis bem em frente a cara dele. Vi que a tesão dele aumentou. Pousei a minha mão por cima e comecei a acaricia-lo. Ele ficou confuso e começou a gaguejar. Mandei-o calar e desfrutar o momento. Foi ai que as suas mãos agarraram os meus seios e a sua boca começou a chupar os mamilos. A sua língua circulava em volta de um e depois no outro mamilo. Rapidamente abri-lhe a braguilha e o seu pénis bem grosso e comprido ficou a mostra. Mandei-o sentar na minha secretaria. Ajoelhando-me em frente a ele comecei a chupar. Senti que ele estava para se vir e parei. Ele ficou a olhar para mim com cara de decepção. Levantei a minha saia e sentei-me por cima dele. Lentamente começou a penetrar-me até ao êxtase. Mudamos varias vezes de posição até que lhe dei autorização para explodir na minha boca.

Levantei-me, limpei a cara e compus a minha roupa. Dei-lhe um beijo e sai da sala.

Pequei sim, mas foi tão bom!

***

Sou o Pedro, tenho 23 anos, sou estudante universitário e tenho uma confissão a fazer. Fodi a professora substituta e não me arrependo de nada!

 

Peregrinus #69Letras

Moço safado…

received_1027469887344668

Texto Erótico!M18

Adoro quando me tentas dar a volta com essa conversa de bandido. Tu bem achas que com meras palavras me tens na mão e até podes ter um pouco de razão… (Sim porque uma boa cama não se nega… e que boa cama é este moço!) Acabo sempre por cair em tentação e ter ali uns bons momentos de intenso prazer.

Levas-me ao êxtase total quando me pegas pela minha cintura e me deitas por cima da mesa beijando cada parte do meu corpo. Vais me despindo sem nunca parar de me beijar. Aquele beijo no pescoço que tanto me arrepia, és um batoteiro pois sabes bem como me deixar cheia de vontades.

Despida e deitada na mesa vais me excitando cada vez mais, percorrendo o meu corpo com a tua boca metendo tua língua dentro de mim, lambuzaste todo… Como adoras o meu néctar e de estares todo tesudo enquanto me excitas mais e mais… Vais usando os teus dedos para me deixares ainda mais molhada. Paras e vens me beijar. Não me deixas sequer te tocar. Não me dás tempo sequer de respirar….
Suplicas que te chupe, que te mordisque o membro…  Adoro que o tenha na boca.
Levantas-me e encostas-me contra a parede gelada que refresca o meu corpo quente, e enfias tudo dentro de mim!! Momentos de prazer intenso, de gemidos constantes, de orgasmos atrás de orgasmos…

Fodes-me tão bem, só tu sabes os pontos certos para me deixares completamente louca, ainda mais do que aquilo que sou.
Mais uma vez ganhas…
Caí na tua conversa e não resisti a tentação.
És o meu vício, a minha paixão sexual.
Quero que me comas todos os dias, a qualquer hora, em qualquer momento, mas claro que me irei fazer sempre de difícil para não ficares com a mania por seres a minha melhor cama…

Little Patrice

Serei ninfo?

Texto Erótico|M18
Dentro do carro vamos em direção daquele Motel que tanto falas. O mar ficou para trás e o desejo aumentou. Adorava que me possuísses aqui mesmo dentro do carro mas tu preferes as quatro paredes. Chegamos. As minhas cuecas estão molhadas. Não aguento mais… Entramos no quarto, a porta fecha e eu já te agarrei. Meu desejo é enorme e até tu te assustas. A roupa cai no chão e tu deslizas para dentro de mim. Ahhh isto é tão bom. Mexo as minhas ancas por baixo de ti e tu entendendo a minha dica, começas a penetrar-me mais fundo e mais rápido. Tu já te vieste mas eu ainda não. “Não pares! Estou quase a vir.” A minha mão desliza para o meu clitóris e começa a ajudar a festa. “SIIIM” Sou envolvida num orgasmo intenso… Ah que isto é tão bom. Exausto deslizas para fora e vais para o duche. Eu sigo-te e começo a esfregar em ti. Sim meu querido, ainda não estou satisfeita. Um duche demorado com muitos beijos e apalpões a mistura. Sinto-me bem contigo mas continuo a não estar satisfeita. Quero-te aqui e agora! Tu sais do duche e secas o corpo, e eu pego na minha toalha e faço o mesmo. Deitas-te na cama. Humm é agora. Salto para cima de ti e começo a roçar a minhas partes íntimas nas tuas. O desejo aumenta, assim como o teu pénis gostoso. Subindo um pouco coloco-o dentro de mim e deixo-o entrar todo. Ah sim… É mesmo disto que preciso. Com movimentos lentos começo a mexer-me em cima de ti, enquanto tuas mãos já deslizaram para os meus seios. Coloco as minhas mãos por cima das tuas e aperto. É assim que gosto – a bruta! Eu começo a mexer com mais rapidez e atinjo um orgasmo intenso. Depois de recuperar o fôlego, desço de cima de ti e ponho-me de gatas. Cabeça na cama e rabo empinado para ti. “Fode-me!” O efeito é imediato. O teu pénis endurece e tu colocas-te por trás de mim, e sinto-te deslizar para dentro de mim enquanto desço a minha mão para o clitóris. Os nossos movimentos estão sintonizados. Uma mão na curva das minhas costas e outra no cabelo. “SIM” atinjo o orgasmo. Tu continuas a penetrar-me com força e acabo por atingir outro. “Ahhhhh, foda-se que isto é tão bom!” Sinto um dedo deslizar para dentro do meu rabo. Humm, adoro. “Vem-te dentro dele.” Tu esboças um sorriso enorme e colocas o teu magnífico pénis com cuidado dentro de mim. Com movimentos lentos começas a penetrar-me. A minha mão começa a mexer com a mesma intensidade. Os movimentos intensificam e aumentam a velocidade. “SIIIIIIIIM!” Atingimos os dois o êxtase ao mesmo tempo. Tu deixas-te cair para cima de mim, e ao fim de algum tempo sais de cima de mim, deitas-te, tapas-te e adormeces. Mas eu quero mais! Não podes dormir.
Serei ninfo ou simplesmente estou cheia de desejos por já não ter tido uma noite de prazer a muito tempo?

 

Prepara-te porque vais ser meu!

Texto Erótico|M18

Não te conheço pessoalmente mas o meu desejo por ti é enorme! A tua voz sensual provoca-me arrepios… Imagino a tua boca no meu clitóris, o teu pénis dentro de mim, enquanto me toco até à êxtase. És a razão do meu prazer, dos meus orgasmos. Quero sentir-te, saborear-te. Uma noite de prazer contigo será inevitável no dia em que me apareceres na frente.

Prepara-te porque vais ser meu!

Peregrinus #69Letras

A bailarina

Texto Erótico|M18

A música pára e eu acabo na formação que tantas vezes repeti. Estou cansada. Dancei o dia para a competição de ballet. Pego nas minhas coisas e sigo para os banheiros. A roupa cai no chão. Ligo o chuveiro… A água está bem quente. Hum, que relaxante. Os meus olhos estão fechados e estou virada contra a parede. A água escorre pelo meu corpo abaixo. Sinto uma mão envolver o meu seio direito. O que é isto? Abro os olhos e tento virar-me, mas a mão que ainda agora envolvia um seio agora me agarra e puxa contra um corpo musculado. Sinto um pénis duro contra o meu rabo… Fico cheia de desejo. Ouço um sussurrar no meu ouvido. É o meu treinador! Com uma mão envolve o bico do seio esquerdo e com a mão direita desce até a minha vulva. “Hum. Estas bem molhada. Desejo-te desde o primeiro dia que entraste na minha sala.”, diz enquanto forma círculos no meu clitóris. Com uma mão agacha o meu peito enquanto agarra com a outra a minha anca. Enquanto me afasta as pernas diz: “Segura-te nas tuas pernas e relaxa.” Sem entender bem o que está acontecendo mas com um desejo enorme faço o que me disse. Sinto a ponta do seu pénis entrar na minha cona. Hummm. Ele sai e entra novamente. Fode-me é o meu único pensamento. Agarrando me bem nas ancas sai e desta vez penetra-me com força. Ainda bem que me segura, se não tinha caído para a frente. Com movimentos rápidos começa a penetrar-me bem fundo. Hum, estou a adorar. Sinto o pulsar dentro de mim e entro em êxtase. Um orgasmo profundo envolve o meu corpo assim como o dele. Depois de recuperamos o fôlego, ele sai de dentro de mim. E puxa-me para cima. Ainda de costas para ele, sussurra-me ao ouvido: “Quero repetir, mas não vai ser hoje. Isto nunca aconteceu.” Com um beijo no pescoço larga-me e desaparece. Ligo a água novamente e pergunto-me se isto terá realmente acontecido.

Peregrinus #69Letras

 

Fazes questão de me mostrar isso a cada segundo de 69 maneiras diferentes

 

Continua… Continua que gosto…
Gosto do teu ser, da tua essência de Afrodite, de Shiva.. Nunca te tinha dito antes mas tiras-me do sério com os teus beijos longos e saborosos, do calor da tua mão no meu rosto, do teu olhar penetrante e sedutor… Beija-me! Agora!

Ai.. E como adoro tirar-te do sério! Dá-me prazer ver o teu desejo e essa tua vontade de mim. Não! Não precisavas de o dizer, porque eu sinto tudo isso quando te encosto à parede e te beijo, quando te cravo as minhas unhas no teu pescoço e quando me apertas contra ti! Sente-me…

Tuas unhas são minha tesão, teu beijo é a minha perdição! Meu desejo é forte e sem fim, minhas vontades são quentes e teimosas. Tua boca é doce, teus lábios são de um trago fresco de uva onde me delicio e me perco sem nada conseguir fazer contrariar. Teu corpo.. teu corpo é quente e insaciável, doces curvas de desejo e sensualidade!!
Porra mulher!!! Que vou fazer de ti?

Faz de mim o que quiseres e o que puderes! Controla me descontrolando me.. Faz-me sentir nua em todas os sentidos! Ai, como me perco nesse teu olhar sedutor e nesse teu ar misterioso que me deixa em êxtase, cheia de vontade de ir à descoberta de tudo aquilo que escondes.. F@d@-se.. Porque te demoras tanto?!

Com calma e paciência meu amor… Com todo o tempo do mundo te tomo, te possuo, te elevo nessa parede de prazer, sem pudor nem calmaria! Tuas pernas me envolvem como uma bela flor de lotus, tua respiração no meu ouvido é uma bela melodia, teus gemidos são incentivos de vontade e desejos carnais de tesão! Humm! Como és maravilhosa! Que tenho andado eu a perder? Porque não te desejei eu mais cedo? F@d@-se! És minha, só minha!

Sou tua sim! Só tua! Toda tua! Como nunca fui de ninguém.. Como nunca quis ser de ninguém! Embelezas me a alma, enalteces-me o ego, rasgas-me o corpo. Gosto quando me desejas, perco me em ti como se fosses um labirinto, em que tenho de procurar uma saída, mas quanto mais longe ela estiver melhor! Adoro o teu puxar de cabelos quando me agarras, o teu cheiro quando procuras o meu pescoço com a boca e a tua calma ao quereres desfrutar cada parte do meu corpo! Sim, sou maravilhosa! Fazes questão de me mostrar isso a cada segundo de 69 maneiras diferentes

Annastasia
&
O Vizinho
‪#‎69Letras‬