Quem sou eu?

Às vezes gostava de não ser eu. Gostava de ser outra pessoa. Gostava de ser uma desconhecida. E, na verdade, às vezes sinto-me como uma desconhecida. Não para os outros mas sim para mim. Sinto[…]

Continue reading …

Amo a vida como Amo alguém

Sou um mero homem…   Apaixonado de mil amores… Por vezes o fogo consome a minha paixão numa tentação assolapada… Saudades de um amor apaixonado, de um beijo roubado, de um sussurro iletrado.… Soubesse eu[…]

Continue reading …

A minha SOLIDÃO tão minha

Hoje para variar um pouco vou-vos abrir a minha alma, parte dela pelo menos. Aqui há pouco tempo, alguém que nos segue na página e conhece a minha verdadeira identidade, pessoa que muito estimo questionou-me[…]

Continue reading …

Não me julgues

Vês-me como uma pedante e autoritária, Julgas-me pelas roupas requintadas e ousadas, pela vida mundana que levo, Será que valerá a pena cobiçares ou criticares? Estou cansada, farta de ser julgada pelas aparências, Só quero[…]

Continue reading …

Expectativas.

As expectativas inocentemente ou ingenuamente criadas, sem nos darmos conta, são f@didas… Disse.. ” f@didas” ? Perdoem! Mas é que são mesmo f@didas. Não tenho outra palavra para caracterizar, se não esta. As minhas dilaceraram-me.[…]

Continue reading …

Meus pensamentos libertos

A liberdade dos meus pensamentos ultrapassam a razão do meu intuito.   Levam-me além fronteiras num imaginário sem fim.   Lá sou verdadeiramente livre. Sem regras ou leis que me prendam.   Sou um EU[…]

Continue reading …

Dona e senhora de mim

Enquanto vejo a minha vida em slow motion, respiro e dou um tempo ao EU em mim. Meu tempo, meu EU. No meio de tantos outros EUs, estou eu de frente á passadeira da vida,[…]

Continue reading …