Arquivo de etiquetas: eternamente

Tudo me leva a ti…

13055607_1686644541581276_6381614828428119844_n

Às vezes dou por mim a questionar que merda de vida é esta que levo, sinto-me morto, sem ânimo e vontade de nada.

Tudo me leva a ti.

Como posso estar ao lado de alguém que não tu?
Como posso enganar-me e enganar alguém? Todo eu tenho o teu nome tatuado na minha pele, na minha alma.

Eu pertenço-te, tal como no primeiro dia em que me apaixonei por ti.


Não precisas fazer nada para me desorientar a vida, miserável, que levo.
Tornei-me num homem que nem eu reconheço, hoje sou frio, amargo, interessado apenas em prazer momentâneo.


Sinto que perdi a mulher da minha vida, a mulher que eu queria para mãe dos meus filhos, a mulher com que eu queria envelhecer até acabar os meus dias…


Não quero, não consigo, matar-te em mim. Continuo aqui, querendo ou não, eternamente teu.

SilentSoul ‪#‎69Letras‬

Despe-me. Despe-te

e028a8817edafa568efcef8103dfab8c

Vem depressa.
Carrega-me nos teus braços e deita-me na nossa cama.
Despe-me. Despe-te.
Tal como as nuvens quando tapam o sol, cobre a minha pele clara com o teu corpo vindo da noite.
Cobre-me com a tua cor e absorve o calor da minha pele, deixa-me cuspir este fogo que apenas a ti pertence.
Liberta as tuas mãos predadoras na minha pele e marca-a com o desejo que te provoco.
Descontrola-te e envolve este corpo com a tua loucura e torna-o o teu cálice de cristal.
Eleva-me aos teus lábios, prova-me e vê como te cresce água na boca.
Segura o meu rosto com as tuas grandes mãos e leva o meu olhar ao teu. Com os teus olhos nos meus, viola-me a alma e toma-a para ti.
Aprisiona-a.
Eternamente.
Ergue-me com as tuas maos gentis e leva os meus joelhos ao chão apenas com o comando do teu olhar.
Vem depressa.