Mesmo longe, consomes-me…

Consomes-me. Tu estás tão longe, que se tentasse ir à tua procura morreria de insucesso. Mesmo longe, consomes-me. A minha mente só se interessa por ti, pelas memórias que vivemos e pelas memórias que ainda[…]

Continue reading …

Gosto de escrever e de me inventar no papel.

O que sou, quem sou, poucos o sabem e confesso nem eu mesma o saber. O que sei, é que dentro de mim existe um mundo ilimitado de personalidades e de quereres. Não sei o[…]

Continue reading …

Andemos devagar, com poucas pressas, porque amar é ser paciente, é ter calma quando agreste está o sentimento, é saber esperar sem ser ausente…

Minha alma já detens, dela faz bom uso, sem recuso de parte certa que aquilo que me vais trazer nunca venha desaparecer. E na dúvida e na incerteza que nos assolará de certeza, que teu[…]

Continue reading …