Reclamo a tua ausência

Fotografia: Via Pinterest A claridade que rompe da janela do quarto não deixa dúvidas: mais um dia. Mais um dia que desperto e encontro a cama vazia do teu lado. Lembro-me de abrir os olhos pela manhã e ver-te dormir, enroscar-me ao teu corpo e assim ficar por tempo indeterminado mas agora tudo o que…

Qual cama qual ninho!

  Qual cama qual ninho! Gosto é de me enroscar no teu colo quando te sentas na tua cadeira de descanso. Quero é o meu corpo livre de roupas em cima da tua pele também nua… es quente. No teu colo, Esfrego-me Enrosco-me Encosto-me Desencosto-me Cheiro-te Embriago-me Enlouqueço Umedeco…. e eu quero-te e tu negas,…