A vingança serve-se fria.

<Não sei> Foi sempre a tua resposta todas as vezes que tentei entender o teu comportamento em relação ao amor que sempre te dei. Quanto mais a ti me dava mais me repelias e afastavas. Tentei saber se a causa das tuas múltiplas traições eram resultante de algo que não te dava, tentei descobrir porque…

borrei a pintura dos olhos

  Na escuridão daquele recanto, borrei a pintura dos olhos com lágrimas que escorreram para o teu peito, e tu, nem te apercebeste. Em silêncio chorei com a cabeça no teu peito, enquanto te ouvia contar sobre quando achaste que tinhas encontrado a mulher da tua vida. No silêncio físico, até a respiração contive para…