É o quanto basta para te sonhar e esperar.

É, Eu ainda agarro esta ideia, louca ilusória e infantil! Pois que seja. Eu sonho, invento e reinvento, desejo ardo e espero. Perfumo-me de sonhos, de cores suaves e castelos encantados. É, ainda acredito e é por isso que te sonho! Ah se soubesses o quanto eu sonho contigo e o quanto pareces real…! Farei…