A nossa cama não é mais a mesma.

Nos seus tempos de glória, atraía-me sempre que a fisgava pelo canto do olho. Seduzida por ela, atirava-me para o colchão e desafiava-te a amares-me novamente. A nossa cama escolhida com tanto desejo revelou-se cúmplice do encaixe perfeito dos nossos corpos, os lençóis cheiravam à nossa paixão e foi neste colchão que por tantas horas…