Arquivo de etiquetas: dor da perda

Sabem o que é perder o que tem sabor a certo?

 

Vocês não sei se sabem…
Mas eu sei!!
Sei o que é perder o que já foi meu!
Não é perder qualquer coisa!
Qualquer namorada ou
mulher que já tivemos.
É perder o que sentimos como certo…
Deixar escapar pela mão que abrimos de livre vontade!
Ninguém nos abriu a porta!
Fui eu que a mantive aberta!
Até que o vento frio da vida a bateu!!
Forte e sonora!!
Trancando os meus dedos nas suas frinchas , para que a dor não me deixasse esquecer…
Não será tanto a dor…
Acho que a saudade não é uma dor…
Será talvez um sentir de vazio.
A falta do que nos preenchia.
Uma ausência de sentimentos felizes que nos deixa um buraco nas entranhas…
E por vezes…
A porta ainda se move…
Por muito que eu a deixe fechada…
O trinco ainda bate um pouco nas suas folgas que tão bem conheço…

©Read Mymind 2017 #69Letras

Recomeçar

Se para muitos o período de Natal e início do ano é um período festivo cheio de alegria e sentimentos de rejubilo, para mim juntamente com o mês de Janeiro é um período de reavaliação.
Como muitos da minha geração tive o privilégio de ser criado criado pelos meus avós maternos, dentro dos seus valores e princípios simples de vivência humana que nos dias de hoje são espezinhados por gerações que valorizam mais rapidamente 200 g de tecnologia, do que o acto de auxiliar o próximo.
Aprendi que se plantares no momento certo, terás o que colher e saciarás a fome. Que tudo o que te rodeia é vida e deve ser respeitada, que todas as tuas acções têm consequências, mesmo as mais imponderadas, normalmente são as que te provocam maiores cicatrizes.
Sinto-me novamente preenchido e renovado após este período, para mim é necessário, os fantasmas do passado fazem parte de nós, da nossa evolução, estão embutidos na nossa personalidade.
Atingimos a maturidade quando imperceptívelmente agimos como os nossos antepassados em relação aos descendentes, usamos talvez de mais ou menos imaginação ou subtileza, mas o objectivo é fundamentalmente o mesmo.
Caro Vizinho, quis o destino que por alguma razão te encontres a passar por esta provação, nada do que te possa dizer a ti ou a qualquer outra pessoa nesta condição fará diminuir a dor, o vazio.
Só posso desejar que tal como eu, busques nas tuas memórias quando fechas os olhos aquele sorriso inesquecível, aquela voz única, aqueles pequenos tiques e trejeitos que fazem de nós únicos e insubstituíveis logo inesquecíveis.
O tempo na sua sabedoria única saberá transformar a dor em sorrisos subtis que darás para ti próprio quando ninguém estiver a ver. A nossa essência é feita de recortes assimilados dos que amamos conjuntamente com o nosso coração, somos sempre resultado das nossas escolhas.
Quem te ama realmente escolherá sempre o caminho da felicidade, tens mais uma luz que te alumia o trajecto, quando te sentires pronto é só recomeçar.
Bastardo #69Letras

O seu amigo havia partido…

12417811_1644590172453380_4666481472298188196_n

 

A noite em que saiu, para esquecer aquele rapaz carinhoso, sensível que sabe o que significa uma lágrima no canto de seus olhos e ausência de um sorriso, aquele por quem se vai apaixonando, mas…
Ainda assim, vestiu o seu vestido preto, o mesmo que a enaltece curva a curva, toda a maquilhagem estava perfeita, o desejo estava estampado no seu olhar, viu no outro lado do bar o Bad boy perfeito para a sua necessidade desenfreada de uma noite de loucura, conseguiu o seu prémio, não seria difícil dada a sua beleza.
A noite foi caprichosamente saciável, sentiu o corpo ser possuído, o orgasmo esteve latente no auge desse quase inigualável engate brejeiro de boémia vida noturna. Começou o dia, a luz do astro da vida surgia na brecha da janela do quarto. Com o corpo ainda nu e o lençol a descansar sobre ela, acorda na cama que horas antes a levaram num sexo desesperante e quente. Olhou para o lado, e eis que se descobre sozinha o lugar que estava ocupado, esta vazio teve então aí a sua primeira angústia e revolta. Eis…
Afinal quem ela queria esquecer continua morar em seu pensamento. O calor já passou… apanhou o vestido do chão, a maquilhagem desfeita, corre à porta de seu cavaleiro.
Trás consigo uma lágrima que precisa ser enxuta. Bate… mas esta não abre.
O seu amigo havia partido… Por não saber a dor de amar, e de a satisfação carnal não ser suficiente, descobriu alguém com quem iria acordar, com um sorriso de plena satisfação e um apaixonante olhar e um expressar singelo de… “bom dia amor, bom dia alegria!”
Leva consigo a lágrima por enxugar e a dor da perda.

RiCCo #69Letras

Lembrar-me de ti faz-me sentir forte!

126d9ab91802194b87456be8f87dcb66

A tua morte dói, mas tem dias, que lembrar-me de ti, dos nossos momentos, me faz sentir forte, tão forte como o nosso amor foi!
Talvez devesse lembrar-te menos vezes, mas continuo a teimar na doce tortura que é recordar-me de ti… perco-me vezes sem conta na memória do teu sorriso, o sorriso mais fantástico que alguma vez conheci.