Arquivo de etiquetas: doença

Vida é preciosa

Tu não tens noção do quão a vida é preciosa
Não tens noção do milagre que é acordar no dia seguinte
Não tens noção da alegria e compensação que tens
por cumprimentares e dizer o quanto amas
a quem te é mais próximo,
Até….
Até ao dia em que te tiram o chão debaixo dos teus pés,
Vês a vida de quem tu mais amas num limbo
Com incertezas de qual vai ser o resultado 
Aí… Pensas,
Valerá a pena as discussões,
as discordâncias de pontos de vista,
a distância colocada entre ambos.
Quando no final a única verdade nua e crua,
está deitada numa cama, pávida e serena
com o olhar a brilhar à procura da esperança
no nosso olhar.
Nessa altura esquecesses tudo o que se passou
e por entre um sorriso amarelo, e um olhar 
marejado de lágrimas, que tentas engolir
Repousas a tua mão em seu braço 
e dizes que tudo irá correr bem,
mesmo tu sabendo que o desfecho
era incerto.
©Lola 2017 #69Letars

Só tu me podes curar.

M18

Que coisa é esta?
Devo de ter um vírus dentro de mim.
Que cada vez que te vejo, só me apetece entrar em ti.
Que me arde, que me queima, que me deixa sem respiração.
Que me leva a querer-te ter, e rebentar de tesão.
Que coisa é esta?
Só pensar em ti, em todos os momentos…
Aberta de preconceitos, toda nua de pensamentos.
É doença?
É paixão?
Este desejo é um tormento!!!
Em ti me venho em loucura sem um rasgo de lamento.
Que coisa é esta?
Que veio para me enlouquecer.
Que coisa é esta?
Que só tu vez no meu olhar…
Com este vírus do desejo vamos viver ou mesmo morrer e reencarnar.

Só tu me podes curar.

Scorpion  69Letras

Tudo começa por um beijo.

eba6a025b7d7da1445e7a218c15067b5

Tudo começa por um beijo.
Basta um beijo, um pequeno aproximar ou roçar de lábios para começar a agir como uma esfomeada.
Apenas um beijo teu, me faz agir como uma louca esteja eu onde estiver.
Uma caricia entre os nossos lábios é inicio da dança dos nossos corpos pois tu quando vens e mordiscas a minha boca sabes o que podes esperar.
O gosto doce da tua boca na minha desperta este delírio louco que tenho em rodear as pernas nas tuas ancas e colar-te em mim. Estejamos onde estivermos eu enlouqueço umedeço e só sossego quando entras dentro de mim e me acalmas. Vicio.
Basta um beijo teu para as minhas ancas gingarem com as tuas, para se tocarem ao de leve em segredo quando me beijas com desejo no meio da multidão.
Provocas-me. Poes-me à prova. Testas a minha loucura. Prendes-me com este desejo desconcertante que me faz perder o controlo, cegar os meus sentidos e tremer a minha alma. Sorris com a provocação e perdes-te de tesão no meu ar esfomeado de desejo porque tu sabes que o teu beijo é doença e o teu sexo a minha cura.

 

A Vizinha