Despe-me. Despe-te

Vem depressa. Carrega-me nos teus braços e deita-me na nossa cama. Despe-me. Despe-te. Tal como as nuvens quando tapam o sol, cobre a minha pele clara com o teu corpo vindo da noite. Cobre-me com a tua cor e absorve o calor da minha pele, deixa-me cuspir este fogo que apenas a ti pertence. Liberta…

Gosto de ti.

Espera vou repetir: gosto de ti! Posso saber a que te soa o som destas palavras através dos meus lábios? Gosto de ti, mas não gosto de não partilhar o que sinto contigo. Faz-te diferença que goste de ti, ou vento é mais forte e afasta o som de ti? Ouves o meu grito? Sentes…