Só me apetece desaparecer

Estou num daqueles dias que só me apetece desaparecer. Ir até uma praia deserta. Sentir a areia nos pés e um vento leve na cara. Sentar-me e desligar de tudo. Hoje estou assim – a[…]

Continue reading …

… nadou mas em nenhum porto atracou!

Percorreu o mundo numa fome incessante, saltou de cama em cama, conheceu Freya e derreteu-se com o canto de uma sereia, confundiu casas de alterne com oásis e viu-se perdido num deserto sem fim. Conheceu[…]

Continue reading …

Amo-te como se ama a primavera

O mundo flui quando me escreves. Desenvolta a paixão que do meu coração brota, como se de uma amalgama de destroços, os reconstruisses fazendo a mais bela essência que me nutre o viver. Tu és[…]

Continue reading …