Arquivo de etiquetas: desejo-te

O peso sentido da “saudade”

Só eu sei a sensação de como o meu corpo te sente falta!
Quando te pensa e nos imagina …
Só eu sei a sensação da saudade , da vontade de Te ter em mim .
O meu corpo também sente o desejo que descreves e reage!
Enquanto te sinto percorrer a minha pele..
Estremeço ….
Todos os meus sentidos e sentires se misturam ,todas as vontades me saltam à flor-da-pele…
Paixão ,desejo,carinho,vontades de te sentir , abraçar , beijar , ouvir a tua voz, ter-te, ver-te, tocar-te, olhar-te….
Meu coração acelera…
A ânsia do toque e do sabor , cegam-me!
Faminta de ti e de todo o teu desejo que me fazes saber…
Com a minha mente repleta de pormenores do momento em que me encaixo no teu abraço,do momento em que me deixo inebriar pelo cheiro da tua pele , o teu odor!
Do momento em que sinto o teu beijo,com o teu aperto ,

que me fará sentir o calor e o desejo do teu corpo pelo meu.
Só quero que desarmes o meu medo, o desabrigues da tua ausência , que abraces com essa tua vontade ,enquanto sussurras que sou o teu refúgio.
Mesmo sem previsões ou planos que te assustem ,caminha comigo por tempo indeterminado, sem datas e sem a ideia de tempo, porque tempo é sinônimo de saudade e saudade já temos muita…!

©*My Sighs 2017 #69Letras

Já não basta …

Vamos desejar-nos às escondidas, longe dos olhares estranhos,
Com os desejos das nossa mentes perdidas , que se encontram na própria procura…
O meu , por ti em todo tu e os teus , de mim , em todos os pedacinhos meus ,não só da pele , mas também do meu Ser!
Confesso que já não basta escrever os nossos desejos para sentir este espectáculo explosivo com rima e os cheiros da nossa melodia , da harmonia e dos ritmos…

Já não basta ...

Quero sentir em ti este desejo que Te tenho !
Quero o meu corpo a dançar na tua pele, ao som dos murmúrios de música sussurrada e gemida…
O meu corpo suado,
ao ritmo em despudor do teu compasso..
Roço os teus sentidos, em delírios e contínuos movimentos,
do meu corpo nu, que se faz teu..
E deixo-me entranhar no teu prazer..
Colada ao teu corpo que se contorce como em transe e me aperta,
e se encharca e me arranha…

Quero, sim quero…

Quero ler o teu olhar de desejo e senti-lo cá dentro, bem profundo…

Quero mergulhar na tua Alma e senti-la colada à minha..
Quero que te afundes em mim até quebrarmos todos os limites..!

©*My Sighs* 2017 #69Letras

Quem inventou as saudades?

Quem inventou as saudades?


A sério, digam-me por favor quem foi o filho da puta que inventou as saudades!
Juro que se o descubro, esgano-o!
Melhor… afogo-o! Ou dou-lhe um tiro aqui e outro ali e deixo-o a agonizar!
Pelo caminho torturo-o mais um pouco!
A sério que sim!
Ah se eu apanhasse esse cabrão!
Desculpem-me as asneiras!
Mas as saudades torturam! Matam!
Pelo menos a mim!
A cada dia um pouco menos de mim que fica vivo!
A cada dia uma faca nova atravessa o meu peito.
A sangue frio, sem qualquer dó, nem piedade!


As minhas saudades têm cheiro, têm sabor, têm rosto!


E o que me mata é não ter nada, rigorosamente NADA!, perto de mim!
Fecho os olhos e as saudades assombram-me o pensamento.
Nem a dormir me livro delas… Acordo exaltado de um sonho que mais parece real mas não passa, infelizmente, de um sonho.


Caramba mulher! Volta! Olha para a miséria em que me deixaste!
Eu louco por ti e tu sei lá eu onde!


Vejo-te e revejo-te em tudo e todo o lado.
Ouço uma música, fecho os olhos e é o teu corpo que vejo dançar diante de mim.
Estou a dar em louco. Literalmente.


Amo-te. Desejo-te mais do que alguma vez voltarei a desejar alguém!
Acreditas que dou a vida por ti? Dou, mas dou mesmo acredita.


Só te peço que me mates com a tua presença, com o teu amor… Mata-me com o teu desejo, mata-me de felicidade!
Antes que as saudades me matem por ti!


SilentSoul #69Letras