Rei de Espadas

Texto Erótico | M18 🔞 Era de noite… Noite cálida e os meus riscos fervilhavam no entrechocar, faiscando lascas de desenhos, debitando traços e cores. Aos poucos, o corpo ganhava formas arrebatadoras. Firmes e roliças eram as suas curvas, refulgindo feminilidade e desejo incontido. Concentrado, meus olhos lambiam cada pincelada que dava carne, aquele modelo, feito de…

Somos tanto…

Ainda sinto o cheiro do teu abraço em mim. A cumplicidade do teu olhar tatuado em mim. Onde somos um pecado sem calma, mas o efervescente sabor de dois seres em atos perversos… Em gemidos evocados em silêncio, que sabe sempre ao conforto de nos termos de um prazer intenso. Dois corpos despidos de regras……