Arquivo de etiquetas: declarações de amor

… embora nunca o tivesses pronunciado sou quem esperavas! 

Quero que sejas a nova página onde escreveremos a história que nunca iremos esquecer.
No primeiro capitulo contarei sobre o dia em que no poço dos desejos atirei três moedas com três pedidos mas um só desejo: eternidade ao teu lado. Viver o que já não há, dedos entrelaçados lado a lado sentados iluminados pelo calor de uma lareira. Só tu e eu e esta história que nunca iremos esquecer. Quero-te o mais tempo possível na minha vida, sê o meu novo começo, já se ouve o exordial bater das minhas ferrugentas asas, agora é só levantar voo. Pula, ganha balanço e voa comigo, prometo não te deixar cair.
Continuar a ler… embora nunca o tivesses pronunciado sou quem esperavas! 

Eu Simplesmente Amo-te |Pablo Neruda |

Eu amo-te sem saber como, ou quando, ou a partir de onde. Eu simplesmente amo-te, sem problemas ou orgulho: eu amo-te desta maneira porque não conheço qualquer outra forma de amar sem ser esta, onde não existe eu ou tu, tão intimamente que a tua mão sobre o meu peito é a minha mão, tão intimamente que quando adormeço os teus olhos fecham-se.
Eu Simplesmente Amo-te
Pablo Neruda
Cem Sonetos de Amor