vem provar o que andas a evitar a todo custo

Monta-me até o sol se pôr, anda vem, só prazer e dor. Deixa-me libertar e fazer-te viajar, Pôr a tua imaginação no auge e obsecada, aguardando penetrações sem fim sua depravada. Mas é isso que me deixa louco, o teu lado solto e nao é pouco. Anda vem! Deixa-me foder-te o corpo até o sol…