Arquivo de etiquetas: cumplicidade

Aconchego

Sabes o que me enche o coração
e coloca-me um sorriso neste rosto
que vai envelhecendo?
As nossas conversas de final do dia.
A forma carinhosa e meiga com que me olhas,
depois de um dia exausto.
Isso dá-me uma paz, segurança.
À noite no nosso leito, o jeito com que te aconchegas a mim,
me abraças, me beijas.
Sinto-me nas nuvens.
Meio adormecidos, oiço a tua voz grave e calma
dizer-me Amo-te.
Sorrio.
Mesmo que não o digas muitas vezes, 
é bom saber que ainda sou importante
na tua vida, no teu coração.
Adormeço como se fosse uma criança acabada de ser embalada pela melodia preferida.
©Lola 2017 #69Letras

Alma e corpo

Arrebatas-me a alma, possuis-me o corpo… sinto-te o cheiro por entre a multidão, reconheço o teu toque, acendes-me todos os sentidos… os momentos juntos são pedaços de céu e sinto que vou parar ao inferno por querer consumir-te de forma exacerbada, animal…

Eu e tu somos instinto, carne e cumplicidade, pecado consciente, fogo irracional, beijo poético, carícias doces, sexo animal…

Continuar a lerAlma e corpo

Somos tanto…

Ainda sinto o cheiro do teu abraço em mim.
A cumplicidade do teu olhar tatuado em mim.
Onde somos um pecado sem calma, mas o efervescente sabor de dois seres em atos perversos…
Em gemidos evocados em silêncio, que sabe sempre ao conforto de nos termos
de um prazer intenso.
Dois corpos despidos de regras…
Somos um amor que fica, mesmo que a distância nos separe.
Sem saber quando o tempo, novamente nos empresta o futuro…
na pele um do outro.
E sermos possuídos por um desejo incontrolável, carnal de instinto selvagem.
Somos…
Tão nós, únicos e autênticos
Somos…
Quando não temos que expressar uma palavra
porque os nossos lábios dizem tudo.
Onde entrego-te as minhas inseguranças, para que as abraces e em troca te apresento o amor
que sinto por ti…
Sonho contigo,
Contigo…
ter-te nos meus sonhos de noite…
Roubo-te e trago-te para junto de mim!
É de tal maneira a intensidade desse desejo que o torno tão real possível…
Depois pelas manhãs
devolvo-te…
e assim alimento-me deste sonho que és para mim !

© Miss Lost 2017 #69Letras


Ménage

Conto Erótico | M18 🔞🔞

Esta noite não estou sozinha… Era suposto ser um jantar romântico… Eu e tu…

Mas este bicho não me larga e estamos demasiado sexy e libidinosos para no fim da noite sermos só nós e a garrafa de vinho… Toco no teu ponto fraco e quando te levantas para me ajudar a vestir o casaco, sussurro junto ao teu ouvido o que realmente me apetece, os teus olhos respondem brilhantes e a faiscar tesão e antecipação… Continuar a lerMénage

Amor para toda a vida

Tudo o que queremos é um amor para toda a vida.
Em cada recanto buscamos aquele Amor,
que nos alucina e ao mesmo tempo que nos apazigua
Tudo o que queremos é encontrar a parte que nos completa
Que nos unifica com um só.
Queremos algo que é tão raro nos dias que .correm.
Mas continuamos a busca, a viagem à procura dessa pedra preciosa
que chamamos de Amor,
Essa pedra que nos deslumbra, que nos aparece a bruto
e vai se esculpindo com o tempo, até ficar uma gema quase perfeita.
Sim…. Tudo o que queremos é um amor para toda a vida.
Um amor que nos sustente até ao fim dos nossos dias.
LOLA #69Letras

Acredita é verdade

Sei que continuas a não acreditar, mas é verdade.
Após este tempo todo, ainda te amo.
Sim.., Amo-te, desejo-te como se tivéssemos acabado de conhecer.
Os meus olhos continuam a faiscar quando te vejo.
O meu sorriso vira mel, quando te observo a dormir.
Meu corpo cede ao teu, quando fazemos amor.
Ainda estremece ao teu toque.
O teu beijo continua a matar a minha sede e fazer-me esquecer de tudo.
Sim, é real.
Ao fim destes anos, ainda és o meu companheiro de armas, nesta vida rude e cruel.
Continuas a ser o meu confidente nas minhas maluquices.
O meu amigo que me dá desinteressadamente o ombro, onde muitas noites chorei e já ri.
O meu irmão que me chama à razão, quando faço asneiras.
Tudo o que és para mim, assim tenho sido eu para ti.
É real.
Fui tua, sou tua e sê-lo-ei até à eternidade.
Acredita, é verdade.
LOLA #69Letras

Senta-te aqui comigo… 

Vem…

Senta-te aqui comigo. 

Vamos demoradamente viajar entre as palavras do silêncio.

Vamos olhar-nos como da primeira vez. 

Vamos sentir o frio da pedra que penetra em nós enquanto o nosso silêncio nos aquece. 

Vem…

Deixa-me sentir o teu coração bater. 

Deixa-me olhar os teus olhos que me enchem de vergonha e embaraço.

Vem…

Senta-te aqui comigo.

Perduraremos na tarde soalheira e fria.

Sentiremos juntos o agridoce da estação fria.

No silêncio trocaremos palavras em desalinho constante num bater arritmado dos nossos pensamentos.

Vem…

Vamos recordar o que de melhor tivemos.

Vamos viver este momento.

Vê…

Vê como o meu olhar sente ternura e carinho por ti.

Vê como as minhas mãos não param de tremer por te ter aqui.

Sente…

Sente como enches a minha alma de paz enquanto falas com a tua voz doce

Sente como a tua silhueta, aí, sentada, me provoca desejos de te ter.

Mas só por agora.

Neste momento.

Vem…

Senta-te aqui comigo.
Guerreiro 
Foto Original by Guerreiro