Amor e Ódio…

Não há passado que se sepulte sem o seu luto e tu teimas em não permitir o meu. Falta-me a derradeira conversa, tu sabes-o tão bem. Acredito que a ti também falta. Tenho para mim que ainda estás perdida entre o ódio e o amor que me tens. Se por um lado me odeias e…

Quantas lutas tivemos entretanto?

Quantas lutas tivemos entretanto? Quanto foi o amor que entregámos e esperámos ser devolvido por quem não ama como nós? Quantos foram os atos de amor com que sonhei e nunca lhes toquei? Quantas foram as palavras que escrevi que nunca me foram devolvidas? Sonhadas e desejadas desesperadas por um pouco daquilo que dou quando…

Ainda te sinto dentro de mim…

Quando os nossos olhos se cruzam o tempo pára, ali, naquele instante nada mais existe à nossa volta…. Um olhar que me despe, que me queima e me beija….. Um olhar que me corta a respiração e faz o meu coração palpitar…… Ainda sinto o teu toque, o teu cheiro continua cravado na minha pele,…

A escuridão é o meu templo , a minha casa , o meu mundo mais perfeito , onde encho o peito …. A cama onde me deito.

  Perdi-me algures na escuridão, deixei me ir por caminhos desconhecidos , Cruzei me com viajantes à muito perdidos , vivi vidas de vários , senti frio , senti calor , senti me em casa ou por vezes desfasada . Mas voltarei a perder me na escuridão vezes sem fim , lá encontro paz ,…

O encantamento enobreceu

Fotografia: Via Pinterest Lindo foi o dia em que dois desconhecidos cruzaram o olhar pela primeira vez. O olhar fixou e assim nasceu aquela que foi a primeira vez que sorriram um para o outro. O sorriso a florescer, a timidez a rosar na face, e as primeiras trocas de palavras. Apalparam terreno, deram passinhos…

É o quanto basta para te sonhar e esperar.

É, Eu ainda agarro esta ideia, louca ilusória e infantil! Pois que seja. Eu sonho, invento e reinvento, desejo ardo e espero. Perfumo-me de sonhos, de cores suaves e castelos encantados. É, ainda acredito e é por isso que te sonho! Ah se soubesses o quanto eu sonho contigo e o quanto pareces real…! Farei…

Não sei quando vai ser mas sei que um dia será.

  Não sei quando vai ser mas sei que um dia será. Será num dia em que o sol beija o meu rosto que te vou encontrar ou numa noite luminosa e silenciosa que nos iremos cruzar? Numa esplanada a ver o sol deitar, Numa mão que me toca devagar, Num olhar que me rapta…