Despertares …

E desperto mais uma vez … Com aquele aroma teu que rodeia o meu corpo, A almofada… tua cúmplice que me aconchega…. Os olhos fechados, focados em sonhos ainda mornos …

Só tens que pedir

M18/TEXTO ERÓTICO Desde o nosso fortuito encontro numa conhecida superfície comercial em que  o destino achou por bem atirar-nos frente a frente de carrinhos em punho,  que a minha cama, mesa, sofá, até a máquina de lavar ganharam nova alegria. Os teus menos 12 anos e a minha libido alucinada têm-nos proporcionado momentos inesquecíveis de…

Fogo que arde sem se ver!

  Foi a Janela entre-aberta … que arrefeceu os nossos corpos! Queimei-te sim, como me queimaste! Desde que te aproximas-te de mim, que a minha pele reagiu! Eu queimava e tu ardias comigo … As tuas mãos deslizaram em mim, despiam-me e tocavam-me como quem beija, a tua boca , colada em mim,sôfrega e perdida…

Vendo-te, prendo-te e liberto-te…

Vendo-te, prendo-te e liberto-te… Deixo que a ansiedade da privação dos sentidos se apodere da tua mente e do teu corpo… Não me vês, mas sentes-me, posso ser eu como sou, fazer o que me dá prazer, porque no fundo também o estou a dar a ti… Sei que gostas… Esta troca de papéis no…

Há que limpar as vistas, meninas!

“Ver e não mexer” Mas porque não?! Há coisas que não basta ver! Tem de se tocar, apalpar e sentir o material. A textura é um factor que não deve ser ignorado!  Imaginemos um belo espécime do sexo oposto. Vá lá meninas, sei que não é difícil, há muito bom exemplo por aí. Imaginem-no por…

Finjo…

Finjo não reparar, mas escondo em mim este anseio crepitante de te ter. Vivo como que numa ânsia encenada que me corroí as vísceras, e que me expõe sem apelo em chagas flamejantes nos planaltos perdidos de afrodisia. Estou num cárcere. Sinto-me preso. Sinto que é teu este sangue que bombeia em mim, em ebulição, ao sabor da volúpia. Sinto-me teu, só teu, neste sentimento que…

BEIJA-ME PAH!

Deixa-te de m3rd@s e beija-me de uma vez por todas! Tu sabes que eu quero e eu sinto que me desejas faz tempo! Então beija-me. Desliga-te do mundo e sente-me. Saboreia cada momento que partilhamos num breve render de armas e deixa-te levar pelo desejo dos nossos corpos. Eles lá sabem melhor o que nós…