Exteriorizações da memória

Confesso que precisei de saber. Precisei de saber se realmente valeria a pena esperar e lutar por ti. Não foi fácil estar horas deitado no sofá a ouvir aquelas memoriosas músicas do VH1 que me[…]

Continue reading …

Não te percas de mim, perde-te em mim…

Perde-te na noite e na madrugada, mas conta as pedras da calçada. Por mais que te afastes do meu caminho, acabas sempre por voltar ao ninho.

Continue reading …

Vontades aprisionadas

Nesta tua vida cheia de encruzilhadas, mantens as vontades aprisionadas, em gavetas bem fechadas, e cheias de sentidas histórias, que te avivam memórias, de coisas há muito passadas,

Continue reading …

Perdidos no tempo…

Hoje não quero perder tempo, quero que o tempo se perca em mim, em ti, em nós… Hoje quero-te assim, sem limites, nem de tempo…

Continue reading …

Nossa gordura não deve nada a ninguém!

Todos os dias me olho ao espelho e vejo isto.  Ainda esfrego os olhos, na esperança que eles sofram de algum síndrome de aumento mas não.  Aquela no espelho sou eu e aquela arrasta o[…]

Continue reading …

Aniversário II

Aniversário II A loucura que foi deixar-me ficar aqueles segundos em que ela por lá ficou… Sugando um pouco mais… Suavemente… Como que me deixando aninhar na sua boca… E continuou acariciando…

Continue reading …

Quando os meus olhos se fecham….

Quando a noite cai e os meus olhos se fecham, vejo-te a correr livremente pelo meu pensamento, de cabelo solto ao vento, feliz como as chitas de Shamwari. Vagueias em mim de pés descalços, de[…]

Continue reading …