Arquivo de etiquetas: coração

É caso para pedir: Um quarto por favor!

image

Corpos que se desejam na inocência de um café.
Tardes quentes.
Um café cheio de sombras e um canto lá ao fundo a aguardar por nós.
Sentados frente a frente a partilhar vidas, a minha vida assumiu a rebeldia do desejo.
No cantinho daquele café e na inocência do diálogo, a minha mente agitava-se comandada pela vontade de ti.
O meu corpo sossegado naquele café, ganhou vida dentro da minha cabeça, lá, livre-me das roupas sem pudor, despi-te e descobri a textura da tua pele.
Suei com o simples movimento dos teus lábios.
A tua boca.
Chamou-me!
Provocou-me!
Exigiu-me!
Na minha mente subi para cima da mesa e atirei-me para o teu beijo, na realidade, troquei de lugar e sentei-me ao teu lado, e sussurrei os meus desejos e histórias no teu ouvido.
Embeveceste-me com o teu perfume junto com o calor que emites. Que pânico. Eu engoli em seco, eu respirei pausadamente, tudo para assumir o controlo deste desejo por ti.
O teu rosto marcado pelo desejo é a tentação que me vai levar ao purgatório.
É caso para pedir:
Um quarto por favor!!

Art Fabiano Perez

?A vizinha #69Letras

Não te largo de mim, por ninguém. Ou nós, ou nada.

c31ed0e89e86e560d9791be4d9100860

Fotografia: Via Pinterest

Este ano experimentei a dor de perder parte de mim, parte escondida e suprimida. Foi quando perdi o meu grande amor que soube que a minha felicidade me tinha sido levada!
Dizem que o tenho de esquecer… Engano teu que o afirmas.
Vou continuar a amá-lo pelos cantos das noites, nos meus passeios solitários onde te dou a mão nas sombras que se cruzam comigo, nas viagens de carro onde canto para ti, onde sorrio pela memoria de quando espreitava pelo canto do olho e te via a torcer o nariz pela minha falta de talento vocal…
Já tinha aprendido a lidar com a tua ausência, agora vou aprender a aceitar que já não enches este mundo com o teu sorriso.
Partiste fisicamente, mas ficaste no meu peito.
O buraco que tenho no peito, não vai passar por te esquecer, mas sim por te aceitar em mim, permitir-me continuar a viver contigo, ausente mas sempre ao meu lado.
Quando voltar a gostar de alguém, vou amar essa pessoa contigo do meu lado.
Não existo apenas eu.
Existirei eu e tu… e mais alguém, talvez um coração aventureiro com a bravura de um cavaleiro.
Não tenho coragem de te deixar, nem libertar o meu peito, dizem que me maltrataste e que por isso não mereces o lugar que ocupas, até pode ser verdade, mas eu gosto de gostar de ti, desta forma sem explicação, desta forma em que a razão é sã, mas o coração é louco por ti.
Quem vier, terá de me partilhar contigo sempre presente atrás do meu olhar, escondido em cada sorriso.
Não te largo de mim, por ninguém. Ou nós, ou nada.
Esta é a promessa que te faço no silêncio da voz, mas no compromisso desta palavras sobre nós, que partilho com o mundo!

?A vizinha #69Letras