Coração aberto, mente bloqueada

Podes bloquear a mente Mas o teu coração não bloqueia Segue em frente, Sem querer saber das consequências, Abraça toda a felicidade Que lhe bate à porta. Vive cada batida que  escorre pelas veias Faz pulsar cada ponto do teu corpo entorpece a tua mente, induz-te a obedece-lo  E tu, que fazes?….. Rendeste ao inevitável,…

Fotografia

Fotografia Fotografamos momentos Momentos felizes Momentos tristes Mas esses momentos Ficam presos no tempo Ficam retratados numa película Sem cheiro nem cor Só lembrança Lembrança de algo que nos fez feliz Mas a nossa memória Supera qualquer pedaço de papel A nossa memória grava cada gesto Cada pormenor, cada cheiro As cores que nos rodeiam…

Exteriorizações da memória

Confesso que precisei de saber. Precisei de saber se realmente valeria a pena esperar e lutar por ti. Não foi fácil estar horas deitado no sofá a ouvir aquelas memoriosas músicas do VH1 que me lembravam o quanto inocente e ignorante era eu na Arte da Sedução (sim, seduzir é uma arte, resistir faz parte)…

Corpo cansado mas guloso…

Hoje acordaste mais tarde, cansada e sonolenta. “Dói-me o corpo todo!” dizes-me com um sorriso safado. Não seria para menos. Os teus gemidos e suores, as nossas posições e as tuas suplicas durante todo o tempo que foste minha só poderiam ter como consequência um acordar com teu cansaço e satisfação. Mas é teu cansaço…

Hoje sonhei contigo…

Good morning My Lady. Hoje acordei contigo no pensamento e no corpo também. Sonhei contigo. Sei que não te pedi permissão mas sendo eu um rebelde ninguém manda no meu subconsciente. E que sonho! Sonhei com esse teu tímido sorriso de lábios rosados que eu tanto gosto, com a mordida provocante e com as covinhas…

Quando dois olhares se cruzam é porque as Almas se pertencem!

Olha…o que não te digo! Vontade de pegar no carro e ir ter contigo… Surpreender-te no sítio onde menos esperas. Talvez no trabalho, no restaurante…nas compras… Em qualquer lado onde estivéssemos rodeados de pessoas, presos pelo olhar alheio…e ao mesmo tempo, livres para comunicarmos com o olhar… Tenho tanta coisa para te dizer…para te fazer…

Bastou!

Quase na linha de chegada Tu mais uma vez partes-me o coração. Já perdi a noção, se sou rascunho ou defeito para ti. És tanto para mim e eu tão pouco para ti. Chega A tua rapariga já não o sou. Perdi tempo suficiente contigo e no teu mundo de leves mentiras. Bastou! De certo…