Vicky M (d)escrevendo-se

Escrever… Para quê? Porquê? Desde que me lembro, sempre senti as palavras, sempre gostei de as ver… Elas surgem-me na cabeça e desenham-se, dançam, compreendem, explicam… Quando não as encontro é porque uma voz maior[…]

Continue reading …

Confessar

Confesso-me a ti, A quem entreguei o meu coração involuntariamente, Confesso-me a ti, Todos os pensamentos pecaminosos As minhas vontades carnais Confesso-me a ti, Como desejei chegar perto de ti, Arrancar-te dessa boca que me[…]

Continue reading …

Golden moments! 

Ontem O Vizinho teve um daqueles momentos inesquecíveis! Jantar a sós com o Sénior! Uma palavra para definir esse jantar! Perfeito!  De poucas palavras e de uma seriedade única, é assim o meu pai. Mas[…]

Continue reading …