borrei a pintura dos olhos

  Na escuridão daquele recanto, borrei a pintura dos olhos com lágrimas que escorreram para o teu peito, e tu, nem te apercebeste. Em silêncio chorei com a cabeça no teu peito, enquanto te ouvia contar sobre quando achaste que tinhas encontrado a mulher da tua vida. No silêncio físico, até a respiração contive para…