Não tinhas o direito! Não podias…

  Porque é que o fizeste? Fotografia: Via Tumblr Estavas a tentar provar que afinal não sou feita de gelo? E agora que já sabes que por baixo desta capa ainda existe a mulher que[…]

Continue reading …

Que amor sobrevive por meio do egoismo?

Recordo aquele amor como recordo uma história, lembrança de um sentimento, mas hoje já não fere ou inflame. É uma passagem, uma história, uma no meio de tantas outras já vividas. Se vivi, faz parte[…]

Continue reading …

Salva-me. Não fiques a assistir.

  Segue-nos no facebook Se me vires a tentar destruir-me, não fiques a ver, vem, eu quero que venhas. Tu. Quando me vires a afogar vem salvar-me coloca-me nos teus braços, pousa-me na areia e[…]

Continue reading …

A Verdadeira História do Capuchinho Vermelho

  Naquele dia o que ela mais queria era fazer-se mulher nas mãos daquele predador. Nada do que sucedeu nesse dia, foi por acaso, aquela menina inocente premeditara tudo. Com a casa da avó livre[…]

Continue reading …

Represento.

Ilustração: Adara Sanchez Anguia Como eu consigo? Não consigo. Visto cores alegres para esconder a alma, e uso falsos sorrisos sinceros para ajudar nesta farsa. Ao fim de várias repetições vai-se tornando mais fácil fingir que[…]

Continue reading …