Assinaturas “a quente”

M18/Texto erótico    Feira do livro de Lisboa. 12-06-2017. Encontro-me no stand da minha editora a fazer promoção do meu mais recente livro “A sangue quente”. Está um calor infernal e o tédio instala-se. Preparo-me[…]

Continue reading …

Pequenos gestos

Aparece. Quero ver o teu ser. Olha. Quero perder-me no teu olhar. Sorri. Quero sonhar com os teus lábios. Aproxima-te. Quero estremecer com a tua presença. Toca. Quero arrepiar-me com a tua pele. Respira. Quero[…]

Continue reading …

Finjo…

Finjo não reparar, mas escondo em mim este anseio crepitante de te ter. Vivo como que numa ânsia encenada que me corroí as vísceras, e que me expõe sem apelo em chagas flamejantes nos planaltos perdidos de afrodisia. Estou num cárcere.[…]

Continue reading …

Estou farto de te falar em amor

Estou farto de te falar em amor, de beijos arrebatadores, do por do sol, de almas que se cruzam por aí em noites de nevoeiro e que se amam, que se entregam e que prometem invariavelmente[…]

Continue reading …

Loucura a minha…

  O teu corpo que vibra no meu… O teu respirar ofegante… A tua loucura que é minha! -Sentes-me? Sussurras-me ao ouvido . Os meus olhos abriram num ápice !!! Acordei!!! Tinha a cama desfeita…[…]

Continue reading …

Deixa-me contar-te uma história sobre o tempo…

Texto Erótico|M18 Foram dezoito minutos desde o momento em que te encostaste a mim, até que acabou. Dezoito eternos minutos… Costumam ser seis. Assim que me deitei, como em qualquer outra noite, encostaste-te a mim,[…]

Continue reading …

Sinto-me teu

Sabes, Gosto de sentir a tua boca na minha naqueles fins de tarde esquecidos à beira mar, naqueles em que o sal se crava sem aviso na nossa pele e torna os nossos beijos quentes[…]

Continue reading …