Arquivo de etiquetas: busca

Caça à Felicidade

Caço à noite, o que de dia tornou se impossível
Caço a minha felicidade, a minha liberdade
Deixo amores perdidos e busco novos
Que me possam fazer vibrar
Neste corpo oco e coração vazio.

Caço sobre a guia da lua,
O olhar sábio da coruja
E a esperteza da raposa.

Caço aquele que está em extinção
Pois é esse que irá me amar eternamente
É esse que me vai fazer dele Única.

Lola #69Letras

“Reminiscent Echoes” —
Photographer: Fabio Interra Photography
Hair/Makeup: Sonia Maccapani
Model: Gloria Cadinu

Carta ao Pai Natal

10154213_1638234183088979_7357562220885000378_n.jpg

 

Querido Pai Natal,

Escrevo-te esta carta sentada debaixo da minha arvore de natal, as luzes piscam e as bolas vermelhas e douradas espelham as silhuetas do mobiliário disposto nesta sala silenciosa.
Esta é a primeira carta que te escrevo, nem sei por onde começar, mas sei que presenteias quem se portou bem durante o ano.

#GoodGirl or #ABadGirl ?

Querido Pai Natal, a verdade é que não sou um exemplo a seguir mas a boa notícia é que não sou mal comportada todos os dias…depende dos dias da luz que me toca ou da noite que me envolve. Não adianta esconder nada tu tens forma de saber estas coisas, tu sabes que sou uma pecadora, que padeço de tórridos pensamentos noite e dia numa louca obsessão por aquele que ocupa o meu coração, mas também sabes que não os cometo mas por isso poderei eu ser uma menina bem comportada?
Possivelmente não. Defraudo-me. Privo-me de sentir e ser feliz, fujo de quem é o meu sorriso, ao meu coração não dou alento e ao corpo alimento. Sou uma fraude, vivo de palavras e desejos reprimidos, sigo uma dieta rica em pensamentos e carente da verdade, os meus pés não se movem paralisados de medo, passa o tempo muda o ano mas o que sinto por ele não se modifica nem arrefece… ardo em lume brando sonhando pelo dia em que ele me tornará a levantar a fervura.
O mal que me faço é o mesmo em que ele vive, impedido de mim deambula de corpo em corpo insatisfeito em busca da luz com que o iluminei e encheu de inspiração…

Querido Pai Natal,
Atende este meu humilde pedido e dá-me coragem para ir em busca da felicidade que só os braços dele carrega.
Querido Pai Natal se fores à procura da carta que o meu amor te escreveu verás que os nossos desejos se casam.
Ajuda-me a ser corajosa e ser neste Natal o presente de alguém.

A Vizinha

Nunca entenderás, e a verdade só te irá destruir.

2ed174183d3403d5bf44eab8ba04e745

 

Invades-me o olhar em busca de palavras que confirmem o que tu já sabes.
Tu sabes.
Eu sei que tu sabes.
Mas não te mostro que sei que tu sabes.
E todos os dias partilhamos magoas e segredos, mas não tocamos no assunto.
No teu olhar, vejo o teu brilho diminuir conforme os dias passam, mas não te vou dar respostas, pois não te vou libertar, mas também não vou largar, pois isto, faz o meu sangue bombear e regenerar.
Nunca entenderás, e a verdade só te irá destruir.
Este veneno agarrou-se à minha pele e não quero parar de o beber.
Sim, o meu olhar não te esconde que te sou infiel, mas a ausência da resposta, prendem-te à esperança de voltares a ter a menina que conheceste quando a vida sabia a algodão doce, e assim, escolhes ficar ao meu lado…na esperança da mudança, agarrado a um passado que teimas em não largar.

 

Fotografia: Via Pinterest