Arquivo de etiquetas: brisa

Posso…

13457732_10208313710819335_2067141671_n

 

Posso ser simples mas por vezes tão confusa…

Posso gostar de simplicidade e não de ostentação e luxos…

Posso ter qualidades e defeitos como qualquer comum mortal…

Posso ser forte de tão frágil que sou…

Posso ser uma brisa ou virar furacão…

Posso ser doce como mel ou acre como fel…

Posso gostar de ser o motivo do sorriso de alguém…

Posso amar e ser amada porque me permito a isso…

Posso fazer amor com intensidade ou sexo por prazer…

Posso ser Anjo que nas mãos certas vira Demónio…

Posso ser clara como o dia ou negra como a noite…

Posso ser tanta coisa mais, porque quero, porque posso e porque sou eu quem decide…

Sou eu…

Simplesmente porque posso!

 

Miss Kitty

Hoje queres-me em ti, dentro de ti…

Que belo dia para sair de casa, vestir os calções e a camisa de Linho, usares aquele vestido leve e florido que compraste nas férias em Ibiza.
O Sol quente e iluminado que nos enche de Vitamina D, a leve e cheirosa brisa de Maio com toques de Alecrim e Malmequeres, a frescura de uma Imperial numa esplanada junto ao mar… Certeza não há melhor que isto para dias como o de hoje…
Mas não… Não é isso que queremos fazer… Nada de roupa, somente a nossa pele… Nada de sol nem brisa cheirosa, apenas a luz do candeeiro e a odor do nosso corpo… Nada de sabor refrescante, somente o salgado e quente da nossa pele…
Hoje ficamos no sofá, na marquise, na cozinha, na casa de banho, na cama… Percorremos todas as divisões e cantos da casa, ora húmidos de vontade, ora molhados do banho; ora famintos de prazer, ora desejosos um do outro…
Hoje queres-me em ti, dentro de ti, em cima de ti, debaixo de ti… E eu em mim te quero, onde nus e desprovidos de quaisquer pudor ou vergonha gritamos em uníssono o nome um do outro…

O Vizinho #69Letras

Saltam-me pingas de sangue dos dedos Agora que te escrevo!

12523166_1647862772126120_6551801811903766627_n

Podia o sol raiar ao contrário
E uma brisa soar a ventania
Que o meu beijo crava
Os pântanos da tua boca
Os suores do teu abraço
E a escada que transborda a infinito
Debruça na janela
Farrapos de lua
Brilhante como raios
Onde te deitas
e dormes sem medo
Porque sabes que fadas existem
No centro dos tornados…
Saltam-me pingas de sangue dos dedos
Agora que te escrevo!

Ela #69Letras

 

Serei a tua força na derrota.

image

 

Serei tua companheira
se me deixares lutar ao teu lado
tua cúmplice se te partilhares.
Serei teu sonho se o revelares
A noite para profanares
e o dia para te camuflares.
Serei tua força na derrota
abrigo nas tempestades
Lágrima se te vir partir
Mas corrente que te guia
Rumo à liberdade.
Serei esperança na tristeza
Casaco no inverno
Brisa no calor.
Serei a outra metade
A outra pele.
Serei o abraço que encaixa!

 

 

 

A Vizinha

 

Já te falei do teu colo?

684e3a3f83162dc072bf31e54b201bb4

Eu caí do céu? Talvez.
Felizmente aterrei no teu colo.
Já te falei do teu colo?
O teu colo é o paraíso! É quente, calmo, tem a brisa da tua respiração, o cheiro exótico do teu corpo e faz-me sentir em casa.
Se o nosso lar é onde nos sentimos bem, então os teus braços são a minha casa.
Quando me seguras contra ti, quase que tenho a certeza que nunca me vais abandonar…
No teu colo sou feliz.
Podemos estar a ver TV ou simplesmente a contemplar o infinito, mas uma coisa é certa, nos teus braços tenho felicidade estampada no rosto.
Quem caiu do céu foste tu e aterraste bem dentro de mim.

O tempo tem vida própria

image

Sim deixa o passar , de preferência envolto em vendavais .
Feito tufões intermináveis .
Deixa o passar , mas que passe rápido e leve com ele tudo que pesa e nos deixa mal.
Mas o tempo ah , o tempo tem vida própria e por vezes , só para contrariar vem feito brisa suave .
Vem feito arrastão preguiçoso.
Mas passa tempo , passa ao teu ritmo , nada mais me resta senão esperar.

Raven