Arquivo de etiquetas: Breath on breath.

Decididamente não há coincidências

Este post é a prova provada que as coincidências não existem, há algo que nos rege a vida, para o bem ou para o mal…

Tinha ido tomar café pela fresca com as amigas ao local habitual as usual, agora pelo final da manhã, já de regresso e numa rotunda junto a casa, alguém vindo por dentro da rotunda quase me bate no carro, «Mousie again» senti de imediato na espinha sem sequer olhar «Já voltouCarros de férias… até aqui em nenhures esbarramos???»
História do costume, ele vem atrás de mim e paramos os carros lado a lado num sitio discreto, ele sai do carro dirige-se à minha janela.
– Olá, está boa??? – que pergunta não se vê logo.
– To bem cansada mas muito bem, então e você onde vai??? Se é que posso perguntar claro.
– Você pode tudo, vou almoçar e jogar um pouco de Golfe.
– Pena já ter coisas combinadas… Sabe estava à espera de o ver novamente, vou trocar de carro Carros_beijoe você depois não vai conseguir identificar o novo no trânsito, antes claro de me ver com ele.
– Sim só por isso porque encontramo-nos em todo o lado, este seu já o conheço ao longe, decorei até a matricula, como é que acha que a persegui no outro dia e hoje também. Desligue o carro ou vai-se já embora???
– Tenho uma coisa marcada mas tenho 5 minutos.
– Dê-me mais uma amostra???
– Amostra??? Já lhe disse que amostras e pedaços não dou, não gosto das coisas pela metade.
Entretanto o meu telefone toca, ele afasta-se para eu atender.
– Tenho de ir… – Expliquei-lhe porquê.
– Demora muito??? Não vá dê-me mais uns minutos… – entretanto ouve-se um bébé chorar, ele tinha trazido a criança. Corre para o carro para a acalmar.
– Estou à espera desta assistência há uns dias, não posso ficar mais tempo. – Desiste senta-se no carro e sorri «Jesus Cristo como é possível ter 1 sorriso e uns olhos verdes destes pensei» mas muito pior que pensar, literalmente disse… – Você é tremendo.
– Vá não me deixe assim – Fiquei intrigada não resisti ao sorriso tinha de provar aquela boca de novo, num ápice desliguei o carro, saí do carro cheguei à janela dele, debrucei-me lá para dentro, olhei para a criança «ainda não tinha idade para explicar coisas» , espetei-lhe 1 beijo na boca, quente intenso e molhado e regressei ao meu carro. Ele que tinha o carro dele a trabalhar faz marcha a trás tranca-me a saída, saí do carro e encosta-se à minha porta.
– Tá a ver como é que você me deixa?? – Levanta o polo olhei e todo ele inchado de teso que estava, perdida por 100 perdida por 1000, toquei-lhe ao de leve em jeito de teaser, por cima dos calções que trazia vestidos, ele mordisca o lábio inferior, ó Cristo é irresistivel – Tá a ver bem…?
– Estar não estou mas poderia estar… Já lhe disse ligue-me, encontramo-nos num sitio discreto e resolvemos isto de uma vez por todas, não gosto de deixar as coisas a meio expliquei-lhe da última vez… – O meu telefone toca de novo, o técnico já deve tar azul de esperar.
– Sítio discreto é complicado, além disso não sou só eu que não devia. – Querem ver a minha vida outro com problemas de consciência (another story another time).
– Nenhum dos dois devia, mas pelos vistos está a ser mais forte que nós, é algo que nos é superior junta-nos em todo o lado e a toda a hora, num perímetro de 50kms, a única diferença entre nós é que aqui quem é conhecido é mesmo você, ligue que arranja-se sempre um local. Ainda tem o meu contacto???
– Sim no outro carro tenho. – Gajos não sabem mentir, são apanhados na primeira curva, ainda há 15 dias dizia que tinha perdido o meu cartão lolol
– Então ligue, eu tenho mesmo de ir, esta semana vou andar a tratar de mim mas se ligar arranjo tempo.Angelina
– Tratar de si???
– Sim coisas de mulheres… – Ele sorriu como que a querer dizer «Ó se sei».
– Beijo Darlin’ – Arranquei sem sequer olhar para trás, para não cair em tentações maiores.

Ter um encontro imediato destes assim a uma 2ª feira, não há volta a dar vou saltar-lhe para cima e vice-versa, destino ou não NÃO HÁ COINCIDÊNCIAS, hoje foi a prova provada que não há volta a dar (desculpem a repetição), ambos nos entesoamos um ao outro, pelo que vamos ter de matar este fogo.
Lamento mas estou de Ego cheio, esta música e este video tem tudo a ver comigo hoje., no seu inicio diz:

«Baby this seems so right. Baby this seems so wrong. Hour after hour, so long, day after day, so long…»

mais à frente

«Hesitate. Pull me in. Breath on breath. Skin on skin. Loving deep. Falling fast. All right here. Let this last. Here with our lips locked tight. Baby the time is right for us… to forget about us.»

 

https://www.youtube.com/watch?v=RzATtrjM0VQ Lê o texto na companhia desta musica ;)! 

 

TastyPussycat