Arquivo de etiquetas: bolas de berlim

Uma bola, era tudo o que eu queria…

Acordo de manhã cedo ainda completamente envolta na roupa da cama.
Está um frio do caraças! Nem consigo pensar pois o meu cérebro congelou! Mas porque carga de água é que está tanto frio dentro de casa?
Será que o porteiro do prédio está a poupar no aquecimento?
Ai se assim for, está feito ao bife comigo!
Enfio os pés nas pantufas com coelhinhos, visto o roupão cor de rosa, ato o cabelo à meia tigela e lá vou eu de mãos à cintura preparada para mais uma guerra de alguidar!
Vou a chinelar pelas escadas abaixo com destino ao apartamento do porteiro.
Uma vez de frente a sua porta decido largar 40% da minha frustração no bater da sua porta.
– Credo menina Steel!! Está doida? A esta hora da manhã a bater-me à porta assim com tanta força!
– Eu não estou doida! Estou é congelada e prestes a ser recambiada para o supermercado como carapau congelado!
– Oh menina, escusa de me bater à porta. Já tenho uma certa idade e a minha Maria está em casa, está a perceber? Não posso aquecê-la…
– A única coisa que eu quero é o aquecimento ligado! Que mania que os homens têm de pensar que as mulheres só se aquecem com eles em cima?!?
– Oh menina desculpe! É de manhã e nós os homens acordamos sempre com umas ideias alteradas…deixe para lá. Experimentou a ligar o aquecimento no seu quarto?
– Isso não é da sua competência?
– Não menina. É só um manípulo para rodar, penso que a menina consiga lidar com a situação sozinha…
– Hã, ok. Bom, então eu vou lidar com a situação. Está mesmo muito frio, sabe? Até nos congela o cérebro!
– Perfeitamente compreensível menina.
Enquanto arrasto os meus pés de volta ao apartamento, sinto o frio a apoderar-se de mim. Meu pensamento voa até à praia debaixo dum sol radiante!
Oh que bom que seria estar agora deitada lambusada em protector solar com vista para a água salgada e cristalina do mar! Ouvir bem ao longe o vendedor ambulante das bolas de berlim a gritar… alto e pára o baile! Bolas de berlim! Posso não ter o calor dum dia de Verão mas as bolas hei-de ter!
Steel pensa! Quem é que no prédio tem sempre bolos gulosos à mesa?! Vizinho!!
Bato à porta do Vizinho mas desta vez mais suavemente!
– MissSteel caiu da cama abaixo foi?
– Querido vizinho! Por acaso não tens uma bola que me dês?
– Steel vais jogar a estas horas da manhã?
– Não pah! Quero me deliciar com uma bola doce cheia de açúcar…
E eis que começo a divagar no mundo das bolas de berlim e o Vizinho limita-se a olhar espantado para mim enquanto continuo a sonhar com bolas.
– E o recheio tão bom! Até fico com água na boca só de imaginar aquele creme suave e delicado a desfazer-se na minha boca…
– SIM! Eu empresto-te as minhas bolas, querida!
– Ah tens duas?
– Claro que tenho duas Steel…
– Otimo! Assim podemos comer os dois! Não me estava mesmo nada a apetecer dividir uma bola de berlim com ninguém!
– Oh Steel!
– Quê? Não posso ser um bocadinho invejosa?!?

MissSteel#69letras