Hoje, mando eu….(talvez)

Texto M/18 Hoje não te vou mimar…vou amar-te rigidamente… Olha bem fundo no meu olhar…e prepara-te para as putices que te vou sujeitar… Vais sentir a dureza das minhas mãos…a agarrar-te, puxando-te para mim…

Quando dois olhares se cruzam é porque as Almas se pertencem!

Olha…o que não te digo! Vontade de pegar no carro e ir ter contigo… Surpreender-te no sítio onde menos esperas. Talvez no trabalho, no restaurante…nas compras… Em qualquer lado onde estivéssemos rodeados de pessoas, presos pelo olhar alheio…e ao mesmo tempo, livres para comunicarmos com o olhar… Tenho tanta coisa para te dizer…para te fazer…

A química da Mente

  O sabor que sentes num beijo , rebusca-te o pensamento e trás à boca toda a química que sentes fluir da pessoa que estás a beijar … que beijas com querer!!! Chamam-lhe “borboletas” , mas é a química da Mente! A química que flui, mesmo sem um contacto físico, descontrola por completo a capacidade…

Não queríamos sair dali, por nada!

Eu não queria sair dali por nada …. Fechei os olhos, uma e outra vez, para continuar … Soltei os movimentos do corpo a despertar do sono mas não do sonho! Virei-me para ti e vi-te dormir … Sereno e de sorriso nos lábios !

Palavras sentidas.

Uso e gasto palavras … tão pouca gente vive de palavras e sentimentos e eu teimosa , continuo a esbanjar-las… Queria poder usá-las, olhando os teus olhos e vê las entrar … em ti! Ver que as sentias , que as lias , tal qual me surgem no pensamento …. para ti ! Às vezes…

O beijo que me pedes…

O meu beijo em ti , tem a mesma intensidade do primeiro beijo em que te sonhei…. Pedes … Mas o sentir de uns nunca é o sentir de outros , ou raramente é! O meu sentir ultrapassa sempre as barreira … todas !!! Não,não quero que me lembres nada …. Só quero que sejas e…

Sentindo-NUS…

Preso a viciosas rotinas… tornei-me a palavra em forma de carne Sou o sentimento em braile…que anseia ser escrito no teu corpo. Ermita de sensações, que só eu julgava saber sentir…descobri-te em forma de livro. Livro que se vislumbra como obra-prima. A cada capítulo teu, mais eloquente e apaixonante se torna. Vicias a cada página,…