Arquivo de etiquetas: beber

Menina dos óculos em forma de coração…

Menina dos óculos em forma de coração, porque me fazes isto?
Andas por aqui a desfilar o teu corpo, cheio de curvas, à minha medida. Nem sequer em pensar em tocar-te! Quanto mais em falar-te.
Pedir-te meras palavras para que possa contemplar o teu ser intelectual que faz de ti tão sensual.
Por não seres igual, desejo-te.
Sei que não te terei mais, pois os nossos beijos já não combinam, mas o meu íntimo é masoquista e persiste em pensar em ti, para me atormentar todo o dia.
Lábios carnudos, vermelhos da cor do meu sangue.
Daquele que puxei do teu coração e sem perdão voltei costas… sei que fui inconsciente, mas só tu me devolves a minha sanidade mental.
Equilibravas o meu juízo, para que não o bebesse todo…meteste-me na linha quando todos me desorientavam.
Mas o prazer … levou a melhor de mim!
E hoje sem ti, olho-te demais e desejo-te o dobro.
Por te olhar tu reparas-te….e com um pirete me mandaste!!

 

#ImaginaçãoDeUmaRaparigaDespenteada

 

Krishna  69Letras

“Palavras mágicas”

Texto Erótico M18

Adoro iniciar a noite contigo..

Com um copo de vinho tinto que me deixa relaxada..
O Martini Dry a acompanhar o Cheese Cake incrível que trouxeste, não esquecendo de deixar um pouco para o resto da noite..
E queres saber a razão?!
Simples..
Quero sentir-te de uma maneira diferente.
“Palavras mágicas”
Começo por tirar-te a camisa branca que tens vestida..
Cada botão que te desaboto, transmite o desejo de ta tirar na totalidade..

Tocas-me de uma forma subtil.. Sabes que sou eu a dominar!

Levanto-me do sofá e vou em tua direcção..
Olho-te profundamente com o intuito de te fazer sentir o meu desejo..
Sento-me em cima de ti e abraço-te..
Sei que o pescoço é o teu ponto fraco… Por isso suspiro na tua orelha enquanto a mordisco e vou em sua direcção. Soltas um gemido ligeiro e puxas-me o cabelo para ficar frente a frente ao teu rosto. Ferras-me o lábio enquanto me inclinas a cabeça para trás e a tua mão percorre a via rápida entre o meu pescoço e o umbigo, passando pelas minhas montanhas do prazer.
Fico louca quando me dizes para te mostrar uma outra forma de beber o martini.
Com aquele “jeitinho de pernas” desaperto-te o cinto das calças pretas que trazes vestidas e desaperto os três botões que fazem com que os teus boxers azuis se predominem..
Nota-se a “dureza” da tua tesão! Tens noção do quanto isso me excita?

Repentinamente, saio de cima de ti e de joelhos no chão tiro-te as calças de vez. Olho-te nos olhos e esboço o meu sorriso mais maroto..

Levanto-me e vou buscar o tão doce martini..
Sirvo-te um cálice e peço-te para  o saboreares como se fosse eu.
Assim o fazes!
Ajoelho-me entre as tuas pernas… Tiro-te as calças, os boxers e enquanto te olho provo um pouco do aperitivo.. Não.. Não quero engolir.. Prefiro que o sintas em ti..

Hum.. Sentiste!?
Então imagina como vai ser quando terminar o copo..

Annastasia #69Letras

 

Não, não posso ceder!

6f74bd80d9762c50d97c89bca6325f0f.jpg

Texto Erótico|M18

Acordei, e lá estavas tu a seduzir-me mais uma vez. Sabes como sou, não cedo assim tão facilmente aos teus encantos, mas hoje estou com uma enorme vontade de te possuir… Não, não posso ceder e fico quieta. Tento controlar a minha respiração e esta minha vontade de te querer mais uma vez, enquanto tu exploras o meu corpo. Já sabes onde estão os meus pontos fracos e sabes como me excitar. Não consigo resistir-te mais. Fujo da cama, aquela onde tu me fazes maravilhas, vens atrás e puxas-me o lençol. Encostas-me à parede gelada, sinto o teu corpo a escaldar e a encostar-se em mim. Puxas-me o cabelo daquela forma que só tu sabes e beijas-me intensamente, como se não houvesse amanhã.

Foda-se! Gosto tanto desses beijos, intensos e quentes!

Começas a descer, começo a me contorcer, e a pensar que não aguento muito mais. Ganhaste! Não consigo resistir-te mais. Salto para o teu colo e sorrio… Nem imaginas o quanto quente estou. Vais buscar um cubo de gelo, aquele que refrescava o nosso champanhe, colocas nos teus dentes e começas a passa-lo em torno dos meus mamilos, deixando-os rijos. O cubo de gelo desliza pelo meu corpo preso nos teus dedos, enquanto tua boca se mantém nos meus mamilos, onde começas a trincá-los e a chupá-los. Neste momento o meu corpo já se encontra bem mais quente do que o teu! Sinto a tua respiração ofegante, e o teu corpo a colar ao meu. Lembras-te e vais buscar o resto do champanhe que sobrou, dás um trago e dás-me a beber da tua boca. Vens lamber a gota que me escapou e me escorre pelo pescoço… e as outras que espalhaste pelo meu corpo. Assumo o comando, meto-te uma venda e beijo-te loucamente. Sento-me em cima de ti e deixo que me penetres. Beijo-te o pescoço enquanto te cavalgo devagar, pois sei que isso te excita ainda mais… o comando inverte-se, tiras a venda, prendes-me os braços e mexes-te acompanhando o ritmo da música. Tudo em ti é especial, tudo em nós é mágico…

DamaDeCopas

Duelo entre a Raven vs Ela. Tema: Amor

12552992_1650059735239757_6815701802394497273_n.jpg

Duelo entre a Raven vs Ela.
Tema: Amor

Amor de outras vidas , reencontro karmico , não é o esplendor apregoado em belas histórias e melodias , é voltar a conceber um Amor temporalmente desfasado , é reconhecer o cheiro , cada linha da face , cada reentrância da Alma , é fusão imediata de todos os sentidos , é deixar de ser dois e passar a ser Uno . Quando se tenta explicar esta dimensão as palavras falham , não chegam , perdem se no ar , pois não existem . Quando um Amor assim se reencontra é reviver um passado sem espaço no presente e sem encaixe no futuro , pois não é daqui nem de agora . A Alma fica cheia para depois ser vaporizada em mil fragmentos .

Raven

Sentir que os passos que vamos dando têm chão…
Que as palavras soltas se juntam num verdadeiro cantar das cigarras
Alimentando cada raio de sol com a plenitude de um amanhecer,
E esculpir..
Esculpir em nuvens de algodão a palavra amor!
Como quem quer falar com a lua em tom suave, calmo…
Chorar de alegria ao ver que até as estrelas partilham o seu brilho.
Umas com as outras..
Numa partilha tão única, tão verdadeira…
Como a nossa…
A nossa partilha…
Nos sonhos, nos momentos, na vida, na saliva…
No encontro e desencontro de seres que se completam.
A metade e a metade da laranja….
Que dará o sumo de uma só!!!
Os corpos que relaxam na paz de uma tarde…
Que perdura na mente criando a noite…
Salpicando de chuva uma madrugada quente…
De um qualquer país tropical onde até a terra cheira…
Sentir…
O cheiro da terra e o toque dos teus lábios…
Na pele molhada da chuva que cai sobre nós…
Que nos molha o cabelo…pingando suavemente
por nós dois…de mãos amarradas e firmes!!
Parece que levitamos no tal cantar das cigarras
Na noite de lua cheia…
Onde as corujas de olhos esbugalhados nos
miram espantadas por presenciarem tal cena…
De amor!!…
Os nossos pés cheios de lama vão deixando pegadas
pela estrada fora, como prova que ali estivemos
ávidos de desejo e de paixão..
Num virar de página que nos mostra o início..
De uma longa e profunda caminhada
Que vamos fazer…de mãos dadas …
Partilhando…
Os sonhos, os momentos, a vida e a saliva…
Bebendo juntos o cálice…
Com o sumo da nossa própria laranja!!!
Eu e tu!
Tu e eu!

Ela

 

Guloso.

075bed98ccf9391784e25cecbbbc24d4

Fotografia: Via Pinterest

Num sussurro revelas que me vais saborear muito devagar e que ao céu rapidamente iria chegar. Deves! Escarneci mentalmente. Nessa mesma tarde havia sofrido de um desejo subito e por três vezes, fui minha… Tão molhada e só minha… Há hora de jantar já estava nos braços dele, ou melhor na boca dele! Sem pressas, como se o tempo não existisse, vasculhou cada segredo meu, e na sua boca, senti-me como que a redescobrir-me. Sem relógios apressados, ele maravilhava-se entre as coxas,com o sabor adocicado do meu desejo, e a cada exclamação da sua degustação mais lhe dava a beber do meu suco… E sem avisar este meu corpo sucumbiu em espasmos de prazer, gemidos de fervor e mar de satisfação. Ele, ainda com a cabeça entre as minhas, deixou-se estar até deixar de sentir o meu coração a palpitar na suavidade dos seus lábios. Tentei puxá-lo até a minha boca para o beijar e lamber da barba o que restou de mim… Que estás a fazer? Pergunta ele – Ainda agora comecei. Guloso.

Loucos, dois loucos de desejo.

10426638_1639776679601396_8449809040092172335_n

 

Não me deste tempo para respirar.

Mal as portas do elevador se fecharam, travaste-o entre andares.
Encostaste-me ao vidro, senti os teus lábios no meu pescoço, como se fosse uma descarga elétrica. Senti o meu corpo amolecer e as pernas ficaram bambas.
A atracão que exercias em mim era inexplicável Não me conseguia controlar.
O cheiro do teu perfume invadia as minhas narinas deixando-me estonteada.
Arrancaste o que te impedia de me penetrar. Senti-te dentro de mim.
Penetraste como um animal insaciável, beijaste o meu peito como se tivesses a beber um néctar..Deixaste-me louca de tesão.
Sentia-te cada vez mais e, eu impotente, sem reacção deixei soltar os meus gemidos que estavam sufocados na minha garganta.
Foi como se tivesse sido o sinal de chegada, ouvi o teu grunhido em meu ouvido ao mesmo tempo que sentia a tua explosão em mim..
Loucos, dois loucos de desejo.

LOLA

Nunca entenderás, e a verdade só te irá destruir.

2ed174183d3403d5bf44eab8ba04e745

 

Invades-me o olhar em busca de palavras que confirmem o que tu já sabes.
Tu sabes.
Eu sei que tu sabes.
Mas não te mostro que sei que tu sabes.
E todos os dias partilhamos magoas e segredos, mas não tocamos no assunto.
No teu olhar, vejo o teu brilho diminuir conforme os dias passam, mas não te vou dar respostas, pois não te vou libertar, mas também não vou largar, pois isto, faz o meu sangue bombear e regenerar.
Nunca entenderás, e a verdade só te irá destruir.
Este veneno agarrou-se à minha pele e não quero parar de o beber.
Sim, o meu olhar não te esconde que te sou infiel, mas a ausência da resposta, prendem-te à esperança de voltares a ter a menina que conheceste quando a vida sabia a algodão doce, e assim, escolhes ficar ao meu lado…na esperança da mudança, agarrado a um passado que teimas em não largar.

 

Fotografia: Via Pinterest