Arquivo de etiquetas: barda

Tocas-me com esses dedos atrevidos…!

 

Tocas-me com palavras temperadas de versos ritmados que cantam saudades dos tempos recheados de especiarias variadas. 1 ramo de desejo, gramas de sedução, uma pitada de escuridão e uma malagueta de ardor foi assim servido o pecado que me aprisionou.
Tocas-me com esses dedos atrevidos sedentos em mergulhar no doce pecado… Mergulha fundo, brinca no creme, passa-o nos lábios e sente o frenesim que o açúcar te provoca na boca. Pronto para a sobremesa, nao precisas de talheres, serve-te da sobremesa que te escorre pela barba.
Tocas-me com palavras fermento mais um bocado, levedo com saudades do teu corpo de pecado.

?A Vizinha #69Letras

Fotografia: Via pesquisa google

Viagem na degustação dos sentidos.

image

Cada momento contigo é uma viagem na degustação dos #sentidos.
Sentir é a nossa #ilha. Tudo é calmo, demasiado doce e suave, um mundo manso onde a brisa é leve e o mar de uma pacificidade inigualável quando estou ao teu lado. Nos teus olhos à o aconchego de um abraço quente. Porto seguro. O teu sorriso é tranquilizante e o teu cheiro reconfortante. O teu #beijo tem o encantamento do desejo, bebo-o docemente fazendo dos teus lábios a minha taça de cristal. A minha pele eriça-se à passagem das tuas mãos, o leve roçar da tua boca emoldurada pelo #charme da tua barba no meu pescoço faz-me ser fonte entre as coxas, o teu olhar penetrado em mim, enfraquece-me o corpo. A#firmeza com que me seguras no enlace dos nossos corpos num movimento sublime faz com que sejamos um só corpo a dançar a #paixão.

A Vizinha