Arquivo de etiquetas: atração

Cativar

Cativar: atrair, seduzir, encantar,  criar laços, afeiçoar-se,  enamorar-se.
Cativar: reduzir a cativeiro.

Na nossa vida cruzamo-nos com várias pessoas.
Diferentes corpos, rostos, sorrisos, olhares, pensamentos, sonhos, desejos.
No entanto, há sempre um olhar, um sorriso, uma expressão, um som, um toque, que nos liga a alguém.
Há sempre alguém que nos atrai.
A atracção inicial traz consigo a curiosidade em descobrir o outro e uma necessidade de satisfazê-la.
Inconscientemente, começamos a sentir-nos seduzidos, a desejar qualquer tipo de contacto com essa pessoa.
E a curiosidade mantém-se.
Surge o encanto, a idealização de possíveis futuros, o fascínio que baila no olhar, o feitiço que nos prende a alguém, a curiosidade que não desvanece.
Criar laços é a solução que encontramos para não deixar escapar quem outrora nos encantou.
Temos paciência, tempo e entrega.
Satisfazemos a curiosidade a pouco e pouco enquanto nos revelamos.
Fazem-se trocas. Trocas de experiências, gostos, sonhos, desejos, pensamentos, vidas.
E assim, afeiçoamo-nos.
Surgem sentimentos que nos prendem.
Cuidado, preocupação, protecção, carinho, afecto.
E um dia esses sentimentos evoluem e, aí, enamoramo-nos.
Sentimos algo mais, um carinho e protecção maiores, um encanto mais poderoso, uma atracção inevitável, um gostar mais forte, um fogo no interior.
E é o amor.
Tudo isto se conjuga num verbo: cativar.
Tu cativaste-me.
Atraíste-me, seduziste-me, encantaste-me. Criei laços, afeiçoei-me. Enamorei-me?
Agora necessito de ti para continuar a sentir-me assim, cativada.
Agora és único para mim e quero-te por perto.
E do alto da minha jovem inocência pergunto:
E tu, necessitas de mim?
E eu, sou única para ti?
Cativei-te?

 


O teu sorriso já me iluminou antes, mas tem mais encanto a cada pequeno segredo teu

943898_1637660469813017_8258252234414041366_n

 

Sente o carinho que te disponho, com toda a calma de um bom romântico, se me perguntarem, se te quero de pernas abertas, responderei que prefiro ter-te de coração aberto para mim. O teu sorriso já me iluminou antes, mas tem mais encanto a cada pequeno segredo teu, e sentir a tua pele fria aquecer a cada toque meu tornou-se evidente que atração física precede sempre de uma grande paixão, não te poder ter quando queres e quando eu desejo é o eterno impasse da sedução que nos enaltece como apenas eternos amantes platônicos. Quero tocar-te no corpo, como me tocas a alma, e beijar-te no pescoço arrepiado, sendo que é como estou ao escrever-te.

Ricco

Loucos, dois loucos de desejo.

10426638_1639776679601396_8449809040092172335_n

 

Não me deste tempo para respirar.

Mal as portas do elevador se fecharam, travaste-o entre andares.
Encostaste-me ao vidro, senti os teus lábios no meu pescoço, como se fosse uma descarga elétrica. Senti o meu corpo amolecer e as pernas ficaram bambas.
A atracão que exercias em mim era inexplicável Não me conseguia controlar.
O cheiro do teu perfume invadia as minhas narinas deixando-me estonteada.
Arrancaste o que te impedia de me penetrar. Senti-te dentro de mim.
Penetraste como um animal insaciável, beijaste o meu peito como se tivesses a beber um néctar..Deixaste-me louca de tesão.
Sentia-te cada vez mais e, eu impotente, sem reacção deixei soltar os meus gemidos que estavam sufocados na minha garganta.
Foi como se tivesse sido o sinal de chegada, ouvi o teu grunhido em meu ouvido ao mesmo tempo que sentia a tua explosão em mim..
Loucos, dois loucos de desejo.

LOLA