Arquivo de etiquetas: aroma

O Teu Perfume…

Senti…
Senti o teu perfume e fiquei sem jeito, sem palavras e sem reacção… Simplesmente deixei de falar, de pensar e fiquei imóvel… Ainda bem que ninguém reparou em mim nem na forma como te fiquei a olhar, pois naquele momento a minha imaginação voou para bem longe dali onde apenas nós os dois pertencemos aos meus mais devassos e sinceros pensamentos.

Queres saber por onde viajamos? Anda comigo, eu conto tudo!

Sem ninguém se aperceber fugimos entre a multidão de gente que nos rodeava naquele festival e por fim estávamos no Jardim da Virtudes. Com o Rio Douro à nossa frente ficamos imóveis e a contemplar a vista. As luzes brandas e ténues dos candeeiros permitiu um canto meio escondido onde dificilmente nos conseguiriam ver, onde a pouca luz que te insidia permitiu-me ficar imóvel a deslumbrar-te. Os teus cabelos escuros e encaracolados, o brilho dos teus olhos enquanto deslumbravas a bela paisagem, o teu sorriso aberto de felicidade por estarmos ali a sós e sossegados, onde preferes as palavras “Lindo, não é?”, ás quais eu respondo “Sim, és muito bela!” Coras, sorris e baixas a cabeça de vergonha. Suavemente com a meu dedo indicador te levanto o queixo, e te viro para mim. Abrindo suavemente a boca sustens a respiração, olhando-me fixamente. É impossível resistir aos teus lábios escarlate… Aproximo-me de ti e de imediato sinto um leve aroma maracujá que me conquista as narinas e me pára o raciocínio, a suavidade da tua pele é de uma doçura tal que não te resisto.. tenho que te beijar… Encosto os meus lábios aos teus e naquele momento sinto que devia te ter beijado à mais  tempo! Como és doce e saborosa! Os nossos lábios se alimentam e nossas línguas se cruzam com uma vontade extrema de não se largar! Coloco as minha mão nas tuas costas e ali sinto o toque da tua camisa azul. Desço até ao teu rabo firme, apertando com vigor, e daqui libertas um leve gemido. Com a outra mão seguro na tua face com carinho, passando com o polegar nos teus lábios… Deixas o teu pescoço à minha mercê e aqui sim, provo o sabor do maracujá na tua pele… Hum… És tão doce e maravilhosa… Não te consigo largar, parar de te beijar, de ter abraçar, e naquele momento só anseio sentir o relevo da tua lingerie preta nos meus lábios… Desaperto o botão da tua camisa e vou descendo os meus lábios até ao teu peito… “Não é pah?” Fico confuso… “Não verdade o que estou a dizer?” Onde estou? Ups… Fui interrompido pela pergunta do meu amigo e ali soube que estava a sonhar contigo… Oh, que pena.. Na despedida deste-me um beijo longo e suave na face, deixando-me arrepiado e de sorriso nos lábios… Fixei o teu aroma no meu pensamento e naquele momento soube que tenho que te voltar a ver…

© O Vizinho 2016 #69Letras

O teu olhar no meu, e o meu no teu…

image

 

Sonho com o dia, em que acordarei ao teu lado.
Sonho que o meu primeiro sorriso do dia surja por contemplar a tua expressão, os teus lindos traços, enquanto dormes.
Sonho estar ao teu lado, no momento em que abres os olhos e te preparas para um novo dia.
Novo dia, que se inicia, comigo, contigo, no calor da nossa cama que veste o aroma do desejo que borrifámos nos lençóis na noite anterior…

Novo dia, que começa, com o teu olhar no meu, e o meu no teu…

?Cátia Teixeira, Vizinha 69Letras® 2015