Arquivo de etiquetas: apaixonados

DESTINADA!

Se não me estás destinada,
Prefiro morrer aqui,
Não lhe posso chamar de Vida,
Se tiver que a viver sem ti!

Se não me estás destinada,
Porque cruzaste o meu caminho?
Desde que te conheci,
Que não sei viver sozinho!

Se não me estás destinada,
Porque a vida me provoca esta dor,
Prefiro morrer a te perder,
Não sei viver sem o teu Amor!

Preciso de ti,
Como do sangue que me percorre o corpo,
Se não me estiveres destinada,
Sentir-me-ei tão morto!

Não me perguntes como sei,
Mas sinto que me estás destinada,
Sem ti não sou vida, não sou pó,
Não sou Alma, não sou nada!

Se não me estás destinada,
A minha vida deixa de fazer sentido,
Só contigo a meu lado,
É que eu me sinto vivo!

Que me cortem as asas,
Se não me estiveres destinada,
Pois sei que no dia que te perder,
Minha vida estará acabada!

©Poeta Solitário 2017 #69Letras

É isto. Todos os dias. E não me canso.

Chegar ao fim do dia
e finalmente ser recebida
no teu caloroso entrelaçar de dedos,
sossegar o meu coração
no teu beijo quente,
e partir finalmente,
na direção do nosso lar.
A melhor parte do dia é
quando as horas que nos afastam Acabam.
Qual adolescente com as hormonas aos saltos,
qual quê?
Toda eu,
ansiosa e ao mesmo tempo desastrada,
Tropeço pelo caminho em direção aos teus braços.
“Estás tão quentinha” Dizes-me todos os dias enquanto seguras as minhas mãos geladas.
É isto. Todos os dias. E não me canso.

© Cátia Teixeira, A Vizinha 2017

De férias sem ti…

 

Estou de férias sem ti e é tão estranho acordar numa cama em que o teu corpo não está presente, em que o teu “Bom Dia Amor” não existe.

Sim, tenho saudades tuas.
É tão difícil viver sem ti, sem o teu carinho, sem o teu sorriso e sem o teu amor.

O período de adaptação foi muito difícil e complicado pois estava habituado à tua companhia no meu dia a dia e em te incluir em quase tudo que eu fazia. Os nossos abraços reconfortantes quando chegavamos do trabalho tristes e chateados, o beijo reparador do nosso sorriso e boa disposição, aqueles mimos super carinhosos que nos tornava ainda mais apaixonados… Estas são algumas das coisas que tenho saudades de ti… Mas tu já não fazes parte de mim, já não estás aqui, a acordar ao meu lado, a partilhar estes lençóis comigo…

Se sinto falta? Mentiria se dissesse que não. Com todos os dentes!
Se voltava para ti? Não! Isso também não! És passado, uma história com coisas boas, lindas e maravilhosas, mas também com muita tristeza e desilusão.

É estranho, muito estranho acordar nesta cama que não é minha e tu não estás aqui… Até foram algumas as férias que passamos juntos, os fim de semana prolongados em que pegamos no carro e abrimos caminho pelo país fora à descoberta e ao encontro do nosso mundo onde só tu e eu sabemos o quanto adoravamos acordar juntos e a desejar um Bom Dia um ao outro….

 

O Vizinho #69Letras

Olá coisinha boa…

“- Olá coisinha boa!
– Olá Princesa!
– Tenho saudades tuas…
– Oh baby… E ainda ontem estivemos juntos…
– Oh, a sério? Parece que foi há uma semana!
– Ainda tenho o teu baton no meu pescoço…
– Ups…
– Vou ficar triste…
– Porquê Meu Príncipe?
– Tenho que tomar um duche e o teu cheiro vai desaparecer…
– Pois… E tu não me sais do corpo… Não te falta nada na cadeira?
– Por acaso falta a minha t-shirt de dormir… És tu que a tens?
– Vestida por debaixo da farda! Oh!! Adoro o teu cheiro! Parece mesmo que estás aqui coladinho a mim!
– És uma safada!
– E tu adoras, não é?
– De uma forma indescritível! A única maneira de o descrever é demonstrando!
– E como o vais fazer?
– Isso agora!!
– Ai Baby! Assim deixas-me curiosa!
– Logo verás!
– Vou estar contigo? Hum… Que bom…
– A minha porta está sempre aberta para ti, a minha cama tem um espaço só teu, espaço esse que adoro invadir quando lá estás, por isso trás desejo e vontade que logo temos que conversar… Tens que me devolver essa T-Shirt…
– Ai! Não sei se a devolvo! Tens que me convencer…
– Sabes bem que ganho sempre! Custa mas acabas por ceder… Sabes como sei que estás a baixar as defesas?
– Como? Ai! Quero mesmo saber!
– A tua pele fica arrepiada, a respiração mais pesada, e mordes o lábio inferior…
– Pois, sabes que não te resisto…
– Princesa, tenho que trabalhar pois o meu chefe já está a olhar de lado…
– Até logo meu Príncipe… Adoro-te!!
– Até logo Princesa… Love You…”

É tão belo e gratificante quando estamos apaixonados, não é?
Pena não ser para todos…

O Vizinho #69Letras

The Fault In Our Stars I, Birdy – Not About Angels

 


Aprisionei o tempo..

12472754_1679979782247752_356076342440882635_n

Aprisionei o tempo para poder te ter só para mim
Fechei o circulo e juntei as nossas almas
Quero deixar a nossa paixão escorrer por entre os lençois
Quero que as nossas fantasias, o nosso amor rompa todas as barreiras
desta galáxia

LOLA #69Letras

…permite-me o prazer de seres a minha única e eu o teu exclusivo.

12510387_1645109245734806_3800229531509575196_n (1)
Sorrisinho atras de sorriso, olhar penetrante, não faças isso…
Sabes que te quero e isso é o que te faz sentir que podes ter-me quando quiseres e fazer de mim objeto de teu prazer, tenho para te dizer que pode isso ser verdade, contudo há algo que devo avisar-te. Caminho hoje para mais um abismo, apercebo-me agora pois já passei por isto antes, não sei como evitar apesar de já ter caído antes em amores e desamores apareces agora tu com a vontade de ser feliz e eu de completar essa felicidade, somos destinados? Não, ninguém o é, por isso, e por muito menos, sim sou quem procuras e quem estará a teu lado nessas noites de inverno, é em mim que vens buscar o que te falta, e se sem pedires roubaste-me o coração, portanto agora não me o peças e vem para mim, far-te-ei feliz não vai haver comparação para isso, apenas estarás a um passinho da felicidade se comigo te redescobrires e me permitires o prazer de seres a minha única e eu o teu exclusivo.

Ricco #69Letras

 

‘Bora sermos felizes?

b64cda1a21c55eab6119935c86c33e44

Fotografia: Via Pinterest

Somos tão sortudos por termos mil e uma formas de exprimir o amor por quem amamos, que me pergunto, como é possível termos os meios e a dádiva de sentir e nos esquecemos de o partilhar?
Mil e um, são também os gestos tão simples que nos ajudam a suavizar a carga que a vida nos coloca nas costas… o amor, o amor alivia. O amor dá força!
Vamos amar?
Vamos deixar que nos amem?
‘Bora sermos felizes?

A Vizinha