Arquivo de etiquetas: amores

Paixões

De todas as paixões que vivi,
a tua foi a que me levou à loucura,
Todos os beijos que tocaram os meus lábios,
O teu foi o mais intenso, o que ficou marcado 
na minha boca,
As saudades que tive de outros são meras memórias
Mas saudades tuas, são fortes, ainda activas
De todos os corpos que possam ter tocado cada curva do meu,
Foi o teu que incendiou cada poro, 
Todas as loucuras que cometi,
a tua foi a que me levou ao extremo,
que me fez perder a noção de quem eu sou,
Se antes de te conhecer eu era uma hera, 
perdida a um canto do muro,
Tu fizeste submergir, florescer, 
tudo o que parecia morto.
Essa tua paixão fez renascer a esperança
de voltar a ser desejada
©Lola 2017 #69Letras

Cadeados

Quantas vezes abrimos e fechamos a sete chaves o nosso coração?

Quantas vezes introduzimos as chaves erradas para abrir o nosso coração?

Quantas vezes foram as cópias que utilizamos para mentir ao nosso coração?

Foram tantas, perdemos a contagem.

Mas, mesmo assim, não perdemos a esperança do dia D, ser o dia em que a chave entra na perfeição e quebra.., Para nunca mais se fechar.

Aí então, sabes…Sabes que encontraste a peça única que te preenche e te enche o teu coração de alegria e Amor.

Nessa altura sabes que por muitas vezes que te tenhas fechado, valeu a pena esperares, para seres feliz.

©Lola #69Letras

Medos

Quantas vezes nos acobardamos de fazer ou realizar o que gostamos, por medo.

Quantas foram as vezes que te perguntaste E se…

Quantas vezes sonhaste o que poderias mudar, mas ficou sempre tudo por um sonho….

Porque temos sempre medo de avançar para o desconhecido

Porque o nosso maior medo está na nossa mente,
nas desilusões que tivemos, nos fracassos, nas tristezas.

Dizemos sempre que todas as pedras que se atravessam no nosso caminho, nos fortalecem.

Será?
E as mazelas que o percurso nos deixou, adormecidas não esquecidas no nosso subconsciente.

Quando a tua vida balança, vem tudo à tona.
O teu coração e mente viajam a milhas para uma solução.

Mais uma vez, o que fazes?
Ganhas forças para recuperar o que tens medo de perder

Medo… Medo…
É tudo que sabemos sentir quando os nossos muros se desmoronam.

Só pensamos nas perdas e as conquistas?
Também não teremos de ter medo de as perder?

©Lola #69Letras

Talvez um dia….

Talvez um dia… eu seja capaz de te dizer o quanto adoro ouvir a tua voz a sussurrar bem perto do meu ouvido e que o meu coração bate descontroladamente sempre que penso em ti!

Talvez um dia eu seja capaz de te demonstrar olhos nos olhos, tudo o que desejo por ti tudo o que me provocas e o quanto eu quero viver ao teu lado… no durante em que estás comigo…

Talvez um dia…. Repares que o que sentimos é real e, ao mesmo tempo único, pela sintonia e intensidade em que sabemos que vibramos e, sentimos mesmo distantes.

Pois, quando estamos próximos, bem… nem que tentasse nunca conseguiria descrever.

A velocidade com que tenho pensamentos lascivos… e doces… me percorrem o corpo deixando um rasto iluminado de tesão e loucura.

Continuar a lerTalvez um dia….

Contornos

O teu olhar delicia-se com os contornos do meu corpo,
mas será só isso que serei para ti.
Um contorno, uma sombra,
Para ser admirada quando o sol brilha
e esquecida quando a chuva chega.
O que procuras!!
Algo para admirares ou algo que possas usufruir
do seu interior e ser tua companhia para a vida toda.
Diz-me!!
Diz-me que não sou sazonal, 
Alguém de que te lembras só
quando as tuas necessidades apertam.
Se sou mais um desenho na página 
do teu livro da vida,
Então não quero que me desenhes.
Não quero que aprecies arte,
só para poderes dizer que possuis.
©Lola 2017 #69Letras

Free

Nasci para ser livre,
E não presa a este amor que me sufoca,
Nasci para sonhar e ser Feliz
E não para ficar presa a um passado doloroso
Nasci para voar a percorrer os meus sonhos
E não para me cortarem as pernas e viver
uma mentira
Nasci para amar e ser amada
E não para ser um objecto mesa cabeceira
Nasci e renasci de tantos amores e paixões
que o meu coração suportou.
Nasço de novo porque sei que não dei 
tudo de mim, a mim própria
©Lola  2017 #69Letras

Se eu fosse um página…

Se eu fosse uma página deixava um pouco de mim em cada linha.
Expunha o que a minha alma dita e o que o meu coração esconde.
Em cada folha ficava marcada cada ponto épico da minha vida,
dos meus amores, das minhas paixões.
Se eu fosse uma página alimentava-a de todos os episódios da minha vivência,
pintava-a de todas as cores e estados por que passei.
Contava o meu conto de fadas, os meus sonhos…
Se eu fosse uma página, transformava-a em várias páginas
até formar um livro.
O Livro da minha vida, que quero partilhar contigo.
Quero que vejas do que uma simples página branca,
conseguiu ficar preenchida, repleta de emoções.
É uma segunda pele minha, é o meu segundo ser.
©Lola 2017 #69Letras
 


Obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas! 69 novas formas de prazer!

Regista-te em www.aubaci/69letras