Arquivo de etiquetas: amor

Milhas

Amar não tem idade, não importa o tempo que demore a procura
Desde que a vontade permaneça sempre presente.

Nem mesmo quando a distância pareça ser um obstáculo,
O que sentes é superior a tudo o resto.

Se a estrada me mostra caminhos ardilosos para chegar a Ti,
Sigo os carris do expresso do Amor, que só irá fazer paragem
no teu coração.

©Lola 2017 #69Letras

Colorir

Hoje apeteceu colorir mais ainda o nosso amor.
Olhei para aquela tela vazia, perfeita, fez-me lembrar os nossos momentos.

Mas para quê deixa-los vaguear na nossa mente, quando posso imortalizá-lo num quadro
Para podermos vislumbrar a sua beleza.

Admirar as cores que nos ilumina os rostos quando estamos juntos,
Apreciar as suas formas quando os nossos corpos se fundem.

Hoje pinto-nos, com as cores do arco-íris.
Com as cores do nosso amor.

©Lola #69letras

Cadeado no coração

Quantas vezes abrimos e fechamos a sete chaves o nosso coração?

Quantas vezes introduzimos as chaves erradas para abrir o nosso coração?

Quantas vezes foram as cópias que utilizamos para mentir ao nosso coração?

Foram tantas, perdemos a contagem.

Mas, mesmo assim, não perdemos a esperança do dia D, ser o dia em que a chave entra na perfeição e quebra.., Para nunca mais se fechar.

Aí então, sabes…Sabes que encontraste a peça única que te preenche e te enche o teu coração de alegria e Amor.

Nessa altura sabes que por muitas vezes que te tenhas fechado, valeu a pena esperares, para seres feliz.

©Lola #69Letras

O primeiro Beijo

Sentada na esplanada do café deixei escapar um sorriso, porque ao ver o casal à minha frente, fez-me recordar o nosso primeiro encontro.
Inicio de Verão, tínhamos ido lanchar em plena Baixa com amigos. A conversa estava animada.
Nós já nos conhecíamos há um mês, e as nossas conversas eram como a carochinha e o João Ratão (Ahahah!), à janela, ou então trocávamos cartas. Mas…., bastou uma troca de olhares e senti os teus lábios procurarem os meus, 
sedentos de desejo.
Sentir pela primeira vez, as tuas mãos na minha nuca, na minha cintura a puxar-me para ti.
Perdi a noção do tempo que ficamos assim, parecia uma eternidade, mas foram breves segundos.
ao ponto de deixar os nossos amigos desconfortáveis com o teu impulso.
Sei que despertaste algo em mim, que estava adormecido. Mas não me queria ficar só pelo beijo.
O meu corpo pedia por algo mais. Precisava te sentir.
Depois daquele beijo, o lanche parecia que demorava uma eternidade a terminar, queria-te só para mim.
Mas sei que não ficaste imune ao beijo, pois as tuas mãos percorriam as minhas pernas, pondo-me num estado febril, em erupção.
Tive de inventar que precisava de ir para casa, mas o que realmente queria, eras Tu!.
Deixaste-me em casa.
No patamar da entrada puxei-te para mim, senti um urge desejo de saborear essa boca, esses lábios carnudos, perfeitos.
Não resistis-te à minha investida e eu muito menos me deixei intimidar, quando me encostaste à parede e pude sentir todo o teu corpo, pressionando o meu.
Foi o primeiro de muitos e ainda é… <3 <3
©Lola 2017 #69Letras

Penitência

Foste meu mais doce crime, hoje és minha mais tortuosa penitência.
Começaste por ser um capricho, uma tentação, uma glorificação das minhas habilidades de sedução, como eu estava enganado, no meio do meu convencimento e auto-estima masculina deixei-te ludibriar.
Não era eu, o mestre fantoche, eras Tu em todo o teu esplendor e beleza, perdi-me no teu beijo incomparável, no teu cheiro irresistivelmente tóxico e inebriante, no sabor da tua pele, do teu sexo viciante e envolvente
E, acima de tudo ajoelhei-me perante a tua insaciabilidade, a tua entrega total e desinibida ao acto de amar. Os teus sussurros de desejo ao meu ouvido que ainda me ensombram os pensamentos e, os sonhos que me inundam o corpo de suor nas noites mais solitárias.
Deixaste com os teus pés pequenos e delicados pegadas demasiado grandes no meu coração que por mais substitutas que procure ainda nenhuma as foi capaz de encher.
Até que aconteça. Vivo de memórias, de pormenores só nossos. Vivo na esperança que o que sinto seja também um espelho da tua alma, do teu coração, do teu corpo. Que por razões misteriosas o destino nos apartou, mas voltará a cruzar os nossos caminhos, desta vez para sempre.
Até lá respiro um fôlego de cada vez, lentamente um passo após o outro, um dia de cada vez, escondendo no fundo dos meus olhos a saudade do teu olhar único.
Tantas vezes o procuro na multidão, um destes dias, em breve, talvez o encontre.
©Bastardo 2017 #69Letras

Notas musicais

A minha vida resume-se a teclas musicais
Dó,
Dor de te perder,
Dor de saudade
Dor de te amar tanto
Mas depois avanço e aparece-me

Continuar a lerNotas musicais

Roses

A Rosa tem como amigos os espinhos, 
Mas não deixa de ser bela e admirada,
Cheirada, tocada
Tal como uma Mulher tanto tem de sedução
como de maléfica, 
mas nenhuma destas qualidades, tira a beleza dela
A mulher tal como a rosa, tenha a cor que tiver,
a sua forma de seduzir é única, deslumbrante.
Quem sabe apreciar uma flor, 
Sabe apreciar uma Mulher,
Sabe cuidar dela,
Tal como as rosas, a Mulher tem de ser
tratada com carinho, atenção,
Só esses pequenos gestos são o suficiente
para iluminar todo o seu Ser.
A Mulher é uma Rosa, 
em vias de extinção
estima-a e perpétua-a
©Lola 2017 #69Letras