Arquivo de etiquetas: Amor puro

Odeio-te de paixão. Sim, disse bem – odeio-te, apaixonadamente.

E não porque me tenhas feito amar-te, mas porque não queres que te ame mais. E como estou apaixonada, e não posso mais amar-te, odeio-te. De paixão! E ando de passo leve e de sorriso no rosto porque estou apaixonada por este ódio que me pediste, que me faz ser mais Mulher e menos ser humano. Que me faz ser menos pessoa e mais bicho! Continuar a ler